quarta-feira, 2 de setembro de 2015

#IoT - Gartner aponta que IoT revolucionará cibersegurança

Gartner aponta que IoT revolucionará cibersegurança

Gartner aponta que IoT revolucionará cibersegurança

Mais de 20% das corporações terão contratado serviços de segurança digital para proteger as iniciativas que utilizam dispositivos e serviços de internet das coisas (IoT, da sigla em inglês) até o final de 2017. A projeção do Gartner aponta ainda que o movimento de IoT causará uma revolução no mundo da segurança da informação.

A consultoria define segurança digital como expansão e extensão das práticas de segurança atuais aos ativos digitais. Em comunicado à imprensa, o vice-presidente de pesquisa do Gartner Ganesh Ramamoorthy afirmou que internet das coisas agora ganha força no mundo físico e traz um importante elemento para as preocupações com segurança.
Para o especialista, IoT redefine todo o escopo de segurança ao estender a responsabilidade para novas plataformas, serviços e direções. Olhando à frente, Ramamoorthy acredita que todas as empresas deveriam considerar reavaliar suas estratégias de TI e segurança da informação para incorporar os conceitos de digital.
O Gartner explica também que no mundo de IoT a informação é o combustível utilizado para mudar o estado físico dos ambientes por meio de dispositivos totalmente diferentes dos tradicionais computadores e desenvolvidos para funções específicas.
Diante do cenário, Ramamoorthy frisa que governança, gerenciamento e operações de segurança precisarão ser alteradas para acomodar todas as responsabilidades desse novo mundo, de maneira similar ao que aconteceu com a chegada do movimento de traga seu próprio dispositivo (BYOD, da sigla em inglês), mobilidade e computação em nuvem. 


Enviado do meu iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário