segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Drone - O contra ataque

A proliferação dos drones, tem elevado a preocupação de governos em relação às possibilidades de uso dos minúsculos artefatos. 


A DARPA - Agência americana de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa, está à procura de tecnologia para "detectar, identificar, controlar e neutralizar esses sistemas em movimento.


Cada dia que passa, são reveladas as possibilidade colocadas na prática, ratificando a gravidade do assunto: 


Forças pró-russos que lutam na Ucrânia utilizam drones para localizar as posições e alvos inimigos. 


O líder do Estado Islâmico no Afeganistão e no Paquistão foi morto num ataque de drone.


Um grupo de hackers  revelou um que voa à procura de vulnerabilidades em redes de computadores.


O drone, muito antes de ser um "Brinquedo" e oportunidade de inovação de negócios, é um artefato de guerra que não pode ser menosprezado. A sociedade deve considera-lo como um instrumento perigoso (que é), quando na mãos de pessoas más intencionadas e organizações com objetivos criminosos pode fazer um estrago muito grande.


Caso tenha interesse, veja mais em no Post disponível em: http://www.defenseone.com/technology/2016/08/pentagon-needs-you-help-them-take-down-small-drones/130727/?oref=defenseone_today_nl





Enviado do meu iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário