quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Bitcoin - China proíbe executivos de Bitcoin deixarem o país – Guia do Bitcoin

China proíbe executivos de Bitcoin deixarem o país, mineradores se "prepararam para o pior" – Guia do Bitcoin

Para que vem acompanhando o mercado de Bitcoin, seguem publicação feita por Guia do Bitcoin.

China proíbe executivos de Bitcoin deixarem o país, mineradores se "prepararam para o pior"

A mídia chinesa está informando que executivos de exchanges de foram ordenados a não deixar o país, afirmando:

"Uma série de fontes dizem que os executivos de plataformas especiais de exchanges de moedas não podem deixar Pequim, para cooperar com a investigação. De acordo com os requisitos regulamentares, os acionistas da plataforma de negociação, o atual controlador e executivos financeiros precisam cooperar plenamente com o trabalho relevante no período de limpeza em Pequim".

A Financial Review (AFR) da Austrália diz que a mensagem acima foi confirmado com eles por "uma fonte próxima a uma das maiores exchanges, a ", que lhes disse que seu fundador, Li Lin, era obrigado a "informar as autoridades e cooperar com suas trabalhe a qualquer momento ".

A medida desesperada é realizada na sequência de uma decisão do Partido Comunista da China de fechar todas as exchanges de criptomoedas, com os volumes de negócios no país caindo consideravelmente.

Os volumes de negociação chineses agora representam apenas cerca de 5% – 10% dos volumes de negociação global de ou . Com o significativamente inferior. O CoinMarketCap irá excluí-los dos cálculos dos preços médios.

China se isola do mundo: Bitcoin prospera independente dela

A China, portanto, parece ter se isolado, enquanto o resto do mundo parece avançar, mas questões são levantadas em relação aos mineradores, com cerca de 80% de suas operações centralizadas no país.

Um investidor em mineradoras chinesas de Bitcoin disse à AFP:

"Todos nós não estávamos acreditando que eles fechariam as exchanges, então estamos nos preparando para o pior".

A decisão da China de fechar as exchanges surpreendeu muitos e foi muito inesperado com o autoritário não dando nenhuma pista que eles planejam tomar medidas tão desesperadoras.

Pergunta-se então, o que será que eles podem fazer quanto as operações de : uma indústria importadora de US$ 2 bilhões que pode ter dificuldade em operar sem a capacidade de vender seus bitcoins no mercado.

Os mineradores da China estão aparentemente se preparando para o pior, com alguns pensando em se mudarem para países vizinhos ou para áreas muito frias, como a Islândia.

Via: TrustNodes
Tradução: Guia do Bitcoin


É importante se manter informado todos os dias, siga nossos canais oficiais:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/


IDFM

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Bitcoin - China poderá bloquear todas as transações de Bitcoin no país

As autoridades chinesas podem estar se movendo em direção a uma ampla repressão no Bitcoin, incluindo trocas peer-to-peer (P2P) e plataformas de negociação over-the-counter (OTC). 


Usando o Great Firewall para bloquear endereços IP, o acesso a trocas externas de bitcoins pode ser bloqueado e a rede de transações Bitcoin pode ser interrompida dentro do país. Os mineiros Bitcoin também estão preocupados que suas operações possam ser restritas.

 

As autoridades chinesas informaram a  vários executivos da indústria, em uma reunião fechada em Pequim na sexta-feira,  que estão "avançando para uma ampla repressão no comércio de bitcoins", de acordo com o Wall Street Journal na segunda-feira. Citando pessoas familiarizadas com o assunto, o noticiário escreveu:


"Os reguladores decidiram uma proibição abrangente de canais para a compra ou venda da moeda virtual na China que vai além dos planos para fechar trocas de bitcoins comerciais."


"Até a semana passada, muitos empresários dos círculos da Bitcoin da China pensaram que as autoridades poderiam encerrar apenas atividades de comércio comercial, tolerando plataformas de bitcoin peer-to-peer ou over-the-counter, que permitem que compradores e vendedores se encontrem e troquem diretamente ". 


Esta notícia veio depois que Pequim havia ordenado que as trocas de bitcoin fechassem, o que muitos já cumpriram, incluindo Btcchina, Huobi e Okcoin. Após a repressão regulamentar, os preços do bitcoin caíram inicialmente, mas depois se recuperaram. O volume de negociação da China caiu para a quarta posição globalmente, à medida que os comerciantes migraram negócios para mercado de balcão e trocas fora da China. 


Os volumes de negociação em Localbitcoins subseqüentemente aumentaram exponencialmente, informou recentemente a news.Bitcoin.com.


Na semana passada, o Bitkan suspendeu  o serviço de troca de criptografia OTC. A suspensão, que começou em 14 de setembro, afeta o aplicativo e o site móvel da plataforma para os serviços BTC e BCC OTC, anunciou a empresa.


Bloqueando o acesso às trocas Bitcoin no exterior


O Wall Street Journal também notou na segunda-feira que, de acordo com "pessoas familiarizadas com o assunto":


"Uma redução mais ampla provavelmente incluirá o bloqueio do acesso do continente a sites de trocas de bitcoins estrangeiras, como Coinbase nos EUA e Bitfinex em Hong Kong."


Isso concorda com um documento que surgiu na semana passada detalhando como o governo chinês tentará bloquear o acesso às trocas de bitcoin e outros serviços importantes que residem fora do país. Enquanto o documento não foi verificado, Sina afirmou que é autêntico.


As trocas de bitcoin especificamente mencionadas no documento incluem Coinbase, Okcoin, Bithumb, Bittrex, Coinone, Bitflyer, Bitstamp, Bitfinex, Poloniex, Kraken, Bitmex e Localbitcoins.


Bloqueando nós de rede Bitcoin externos


De acordo com o documento acima, todos os endereços DNS e IP de sites, aplicativos e APIs de trocas de bitcoins estrangeiras serão analisados, e o acesso a cada um será bloqueado pelo Great Firewall antes de 30 de setembro.


O documento também indicou uma tentativa de interromper o roteamento básico da rede P2P da própria Bitcoin dentro do país, o que poderia perturbar o fluxo de bitcoins através da borda. 


O governo monitorará a comunicação de rede entre nós domésticos e pools para evitar que os nós domésticos se sincronizem com nós no exterior. Além disso, as pontes de comunicação de rede Bitcoin serão monitoradas, incluindo Tor e Virtual Private Networks (VPNs).


Para contornar o Great Firewall da China, algumas pessoas conseguiram usar os dois métodos acima no passado. No entanto, um empresário disse ao Wall Street Journal que "o uso de VPNs como uma solução alternativa será difícil". 


Embora o uso de VPNs ainda não seja diretamente ilegal no país, a China encontrou uma maneira de convencer as pessoas por vender software VPN. No início deste mês, um homem chinês foi preso por fazê-lo. A convicção era "fornecer software e ferramentas para invadir e controlar ilegalmente o sistema de informação do computador", de acordo com o South China Morning Post .


Os mineiros Bitcoin também serão afetados


Enquanto o volume de negócios de bitcoin da China caiu, sua participação no mercado de mineração continua sendo a maior do mundo. O mesmo empreendedor acima mencionado disse ao Wall Street Journal :


"Até agora, os mineiros chineses se consideravam imunes à posição em evolução de Pequim sobre o comércio de bitcoins. Um empresário disse que os mineiros agora estão preocupados com as autoridades que se deslocam para limitar suas operações."


"Com o aperto da política de monitoramento do bitcoin, o setor de mineração também é afetado", escreveu um repórter da 21st Century Economic News na terça-feira. 


Um concessionário de equipamentos de mineração da Shenyang disse ao repórter que o equipamento de mineração não vende bem agora por causa do atual sentimento de mercado em pânico. Com as plataformas de negociação de bitcoins domésticas fechando e a perspectiva de canais de comércio no exterior bloqueados, "o negócio de mineração será atingido com força", disse ele.


🤔 Será que a China vai reprimir todos os canais de negociação Bitcoin, ou estaria usando de manobra para aumentar o poder do governo na indústria de mineração? 


🤔 Será que o Bitcoin vais sofrer desvalorização,  em um mergulho sem precedentes levando para o fundo do poço? 


🤔 Quem serão os compradores nesta viagem ao fundo do Poço?


🤔 Como estarão operando JPMorgan, Morgan Stanley, Goldman Sachs, e Credit Suisse, durante o movimento de mergulho? 


Fonte: News.Bitcoin.com


IDFM


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

JPMorgan - A fraude do Bitcoin é um bom negócio?

Será que a matéria publicada pela Reuters, reproduzida abaixo, revela o que estaria por trás da declaração do CEO do JPMorgan de que Bitcoin é uma fraude? 


O CEO Dimon disse também que, se algum comerciante do JPMorgan negociasse a moeda criptográfica demitiria por dois motivos: é contra nossas regras e eles são estúpidos. 


Após a declaração do CEO feita em 12.09.2017, o mercado de Bitcoin reagiu de forma agressiva, num mergulho que atingiu uma perda de 30%  em 15.09.2017. 


Parecia um sinal de saída do mercado, mas não é bem assim, o JP Morgan foi pego em flagrante comprando um bando de ações XBT, que acompanha o preço do Bitcoin.


A revelação feita no site de notícias do Bitcoin.com mostra ainda que, de acordo com os registros públicos dos logs de negociação da Nordnet, as duas empresas associadas JP Morgan Securities Ltd. e Morgan Stanley compraram cerca de 3 milhões de euros de ações de notas XBT. 


Este movimento de compra no mergulho também foram feitos por outros. Além do JPMorgan, mais de uma dúzia de bancos seguiram o movimento, incluindo, Morgan Stanley, Goldman Sachs e Credit Suisse.


Nesta segunda-feira, rapidamente, o Bitcoin recuperou o valor perdido.


🤔 Será que declaração do CEO foi feita  para jogar a preço para baixo, numa "manipulação" premeditada do preço de mercado?


🤔 Será que o JP Morgan não é compliance com suas próprias regras ou são estúpidos mesmos? 


🤔 O que você acha do JP Morgan ter comprado notas negociadas em troca de bitcoin,  depois de tais declarações? 


🤔 Qual a diferença da declaração do JP Morgan com compra dos Bitcoins depois de cair o preço e o caso da JBS com dólares e ações depois da divulgação da delação dos irmãos Batista? Será que alguém vai preso no caso do JP Morgan?


🤔 Afinal, o Bitcoin é uma Fraude ou um Excelente Negócios?


Leia a  matéria publicada pelo Reuters é tire suas próprias conclusões. 👇


JPMorgan lida com negócios relacionados a bitcoin para clientes, apesar do aviso do CEO


NOVA YORK (Reuters) - O JPMorgan Chase & Co  tem roteado ordens de clientes para instrumentos relacionados a bitcoin,  disse um porta-voz nesta segunda-feira, apesar do executivo-chefe do banco chamar a moeda criptografia de "uma fraude".


Como outros bancos de Wall Street, a JPMorgan atua como agente para compradores e vendedores da Bitcoin XBT, uma nota negociada em bolsa, projetada para rastrear o valor da moeda criptográfica. 


A JPMorgan não toma posições no instrumento com seu próprio capital e rooteia ordens eletronicamente para trocas, disse o porta-voz do JPMorgan, Brian Marchiony. 


"Eles não são pedidos do JPMorgan", disse Marchiony. "Estes são clientes comprando produtos de terceiros diretamente".


O relacionamento de JPMorgan com o Bitcoin XBT entrou em questão durante o fim de semana, quando o blog financeiro Zerohedge perguntou por que o banco estava envolvido com a negociação depois que o Chefe do Executivo Jamie Dimon chamou a bitcoin de uma fraude e disse que iria atirar alguém no banco que o negocia. 


Porque não é apoiado por nenhum governo e tem sido vinculado a crimes, incluindo lavagem de dinheiro, pirataria e tráfico de drogas, a maioria das instituições financeiras ficou longe de negociar em bitcoin. 


Dimon capturou esse sentimento em seus comentários na semana passada. "Se temos um comerciante que negocia bitcoin, eu os demitiria em um segundo, por dois motivos: é contra nossas regras e são estúpidos, e ambos são perigosos", disse ele em uma conferência de investidores.


Mesmo assim, as principais empresas financeiras, incluindo a JPMorgan, investiram em uma tecnologia chamada blockchain que sustenta as transações bitcoin na esperança de que possa ser usado para outros fins, como a liquidação de negócios comuns. 


Os preços da Bitcoin caíram na semana passada para quase US$ 3.000 de US$ 4.200 depois que Dimon falou e a China teria reprimido as trocas de moeda cripto. 


Mas o bitcoin se recuperou com a nova semana, negociando no BTSTBB BTC = BTSP em US $ 4.025 na segunda-feira. 

Junto com o JPMorgan, mais de uma dúzia de bancos, incluindo Morgan Stanley ( MS.N), Goldman Sachs Group Inc ( GS.N ) e Credit Suisse Group AG ( CSGN.S ), agiram como intermediários para comprar e vender o Bitcoin XBT em A troca baseada em Estocolmo, de acordo com o banco on-line sueco Nordnet AB.


A CBOE Holdings Inc ( CBOE.O ) aplicou-se com reguladores dos EUA para lidar com um contrato de futuros de bitcoin e um fundo negociado em bolsa. 


"Goste ou não, as pessoas querem exposição ao bitcoin", disse Edward Tilly, CEO da CBOE na semana passada, na mesma conferência em que Dimon falou. 


Fonte: http://www.reuters.com/article/us-jpmorgan-bitcoin/jpmorgan-handles-bitcoin-related-trades-for-clients-despite-ceo-warning-idUSKCN1BT2E3 



IDFM

Equifax - Reação do governo de Nova York.

WASHINGTON (Reuters) - O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse em um comunicado nesta segunda-feira que todas as agências de relatórios de crédito devem se registrar no estado e cumprir suas regras de segurança cibernética. 


O regulamento, ordenado na sequência de uma violação na Equifax que expôs dados sensíveis de até 143 milhões de pessoas, permitirá que o Estado se recuse a permitir que uma empresa faça negócios com as instituições financeiras de Nova York, a declaração disse.


Fonte: Reuters 

domingo, 17 de setembro de 2017

Equifax - Será que alguém vai para a prisão?

Após o "acesso não autorizado", realizado através de vulnerabilidade de seu site da Equifax, expondo informações confidenciais de até 143 milhões de pessoas, o Senado americano declarou, "Alguém precisa ir para a prisão".  

Em reação do mercado, os preços das ações da Equifax caíram em mais de um terço desde que a empresa divulgou a violação em 7 de setembro. 


Na última sexta-feira (15.09.2017), a Equifax respondeu ao mercado demitindo dois executivos, de  tecnologia e segurança, colocando as cabeças dos dois na bandeja que poderá resultar em punições mais severas.


O problema não se restringe aos Estados Unidos. 


A Equifax disse na sexta-feira que dados em até 400 mil britânicos foram roubados porque estavam  armazenados nos Estados Unidos.  


O comissário de privacidade do Canadá disse na sexta-feira que lançou uma investigação sobre a violação de dados. A Equifax ainda está trabalhando para determinar o número de canadenses afetados, informou o Comissário em um comunicado.


Será que esta violação ficaram restritas a Estados Unidos, Canada e Reino Unido?


Será que alguém vai para a prisão?


IDFM


Fonte: Reuters  https://goo.gl/TnYojJ


quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Face ID do iPhone X, que danado é isso?

Muitos me perguntaram o que tem de  novidade o uso de reconhecimento de rosto, o Face ID, para desbloquear o novo iPhone X, lançado esta semana.


Pesquisei e lá vai o que consegui apurar:


  • A Apple conseguiu colocar o que seria "uma tonelada de hardware"  em um espaço muito pequeno - a típica câmera frontal, o microfone, o alto-falante, a luz ambiente e os sensores de proximidade são agora acompanhados por um nova câmera infravermelha, projetor de ponto e iluminador de "inundação".


  • O processo parece ser bastante simples: o telefone acende seu rosto, dispara, inundando-o com 30 mil pontos infravermelhos invisíveis que destaca suas características e cria um padrão áspero (digitaliza o rosto em 3D), tira fotos desses pontos com a câmera infravermelha e decide se a imagem parece você.
  • A Apple diz que a chance de enganar Face ID é de 1 em um milhão, em comparação com 1 em 50 mil usando  impressão digital.
  • Para tornar o Face ID seguro, privado e rápido, a Apple diz que nunca armazena seu rosto na nuvem, apenas  em uma parte criptografada do seu smartphone.  
  • Especificamente, ele executa todas as varreduras faciais através de um  co-processador dedicado, com sua própria memória criptografada;
  • A tecnologia é projetada para reconhecê-lo apenas quando você tem os dois olhos abertos e está olhando diretamente para o smartphone.
  • A Apple diz que usa o aprendizado da máquina para que o Face ID possa crescer com você e é inteligente o suficiente para ainda reconhecer seu rosto se você mudar penteados, adicionar um lenço e chapéu ou cultivar uma barba. 

Simples, não?


O reconhecimento de rosto até então usado por outros fabricantes não funciona bem, não garante segurança e pode ser fraudado facilmente com imagens (https://goo.gl/C1ecdB).


Acredito que a aposta da Apple é na mudança deste paradigma, tornando seguro, fácil de usar e "imune" à fraude por utilização de imagem. 


Pela demonstração feita no evento de lançamento, a experiência do usuário com a Apple vai fazer a diferença, basta simplesmente olhar 👀 para o seu telefone para iniciar a sessão automaticamente e se não funcionar, basta limpar o rosto😂.


Mas o que estará por trás da utilização desta tecnologia da Apple, considerando que esta "novidade" já foi usada sem sucesso e é considerado um "processo lento" para desbloqueio de dispositivo móvel?


Será apenas para aprender e aperfeiçoar a tecnologia para ser usada como base para as aplicações de realidade aumentada?


Será que este aprendizado permitirá a evolução para o reconhecimento  biométrico seguro do ser humano e a usabilidade combinada como os assistentes virtuais?


Será que a implementação do Face ID  no desbloqueio, que obriga ser utilizado, é a forma  encontrada pela Apple trazer  a utilização de forma intuitiva e "automática", da mesma forma que o jogo de cartas Paciência (Solitaire) foi disponibilizado no windows para "treinar" o uso do mouse ? 


Imagino que a legião de fans da Apple irá proporcionar o aperfeiçoamento da tecnologia de reconhecimento de rosto, que combinada com a tecnologia de realidade aumentada, nos levará para um novo patamar de Apps. 


Os próximos  lançamentos do mercado de Apps e Games utilizando do Face ID e o engajamentos dos usuários à nova funcionalidade será um indicativo para onde estaremos indo!


Vamos esperar para ver no que vai dá.🤔


REALIDADE AUMENTADA 


Antes que vocês perguntem, que  danado é essa de "realidade aumentada" (RA ou AR), vou explicar rapidamente.


Realidade aumentada é a tecnologia que mistura o ambiente virtual com o ambiente real em um único contexto, a visualização é feita como sendo uma mesmo ambiente físico. O Wikipedia descreve bem as possibilidade de aplicação desta tecnologia https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Realidade_aumentada


Um bom exemplo da utilização da  tecnologia é o jogo Pokémon GO, caso tenha curiosidade, veja o que já publicamos sobre este assunto. Você vai gostar:


IDFM


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Franquia de dados e a Mudança de hábito Digital.

A  pelo menos 3 meses fiz a mudança de meu plano de dados móvel de 2GB para 14GB.  


Naquela época, ainda conseguia vez por outra fechar o mês sem alcançar 100% de consumo. Dependia sempre de quantos eventos participava e compartilhava com a família ao vivo estes eventos. Eu tinha que me policiar e usar as redes WI-FI públicas para não ficar isolado. 


Como estava se tornando muito frequente ficar com alguns dias sendo penalizados, praticamente isolado, fiquei motivado para fazer  mudança para 14GB com a ilusão  de que não teria mais problemas e sem ter que comprar dados adicionais como fazia eventualmente.


Mera ilusão, a abundância dos 14GB de dados foi rapidamente consumida. No mês passado  atingiu 9,3GB,  hoje, faltando ainda 3 dias para fechar o período, atingiu 100% de consumo.


Abrindo parêntese (


Verificando o App que utilizo para monitorar volume de dados consumidos, o consumo é de apenas 9,3GB, ou seja, ainda restam 44% para serem consumidos e não estou conseguindo acessar. 


Também observei que o WhatsApp  está sendo penalizado ("conectando...") sem atualizar mensagem, mesmo o plano declarar que ele não consome do plano de dados.


Nem mesmo o aplicativo ou acesso a site da operadora é possível ser feito. 


A única porta de atendimento está sendo o SMS para a compra de dados adicionais.


Estou tentando abrir um chamado na operadora ( a ligação está sendo derrubada) para eles restabelecerem a normalidade de minha conexão e se for o caso, denunciar na Anatel esta prática irregular. 


) Fechando parêntese.



Mas o que aconteceu para ter um aumento de consumo da ordem de 700%?


Mudanças de hábito digital, isso mesmos. 


Listo alguns hábitos que passou a fazer parte do meu dia a dia e que devem ser evitados para preservar o baixo consumo:


  • Passei a utilizar minha conexão de dados em locais públicos que tem WIFI disponível - Este hábito vou manter em favor de minha segurança digital.
  • Passei a escutar podcast e YouTube (Vídeos e lives) no som do carro, em vezes das tradicionais rádios de notícias - vou ter que mudar o hábito de pegar direto da nuvem e baixar aquilo que desejo escutar para fazer off-line. 
  • Passei a consumir mais vídeos, mesmo sem está conectado em uma rede Wi-Fi.


O certo é que na escassez somos mais criativos e racionais, ja a abundância nos deixas mas liberais e menos vigilantes!


Quanto mais temos, mais precisamos e mais queremos... Nunca estamos satisfeitos!


Como diria a sabedoria esquizofrênica:


"Não vamos colocar meta. Vamos deixar a meta aberta, mas quando atingirmos a meta, vamos dobrar a meta" 🤔


Concluindo, precisamos ficar atentos com nossos hábitos digitais e as espertezas das operadoras, porque nunca estamos atendendo nossas necessidades e elas estarão prontas para arrancar seu dinheiro pela rede!


IDFM


iPhone X Face ID funcionou como deveria

Ontem, 12.09.2017,  houve o evento anual da Apple, no qual são anunciados novos produtos e novas versões do portfólio,  dando continuidade à obsolescência programada que faz parte do modelo de negócio da Apple.

Tudo estava preparado para ser um evento comemorativo de 10 anos do iPhone.

Um dos principais lançamentos, o novo Modelo, iPhone X (dez) e a mudança da autenticação/ desbloqueio, que passará a ser feito por reconhecimento de face, em substituição as digitais.

Na hora de apresentar a nova funcionalidade de reconhecimento de face, o sistema não reconheceu! 

O excesso de confiança no sistema impediu eles de imaginar que poderia falhar?

Será que eles esqueceram do caso de Bill Gates, com a famosa tela azul no evento  na década de 90 de lançamento de nova versão do Windows? 

Ou será que a Apple está utilizando da mesma estratégia da Microsoft?

Foi assim com a Microsoft, a falha naquela época, passou-se como sendo um "mico", no entanto, minha teoria é que foi uma falha proposital, para gravar a mensagem subliminar no subconsciente coletivo:

  • O sistema não era infalível e iria falhar em momentos mais inoportuno.
  • Se falhou com Bill Gates, poderia falhar com qualquer um;
  • Mas também deixou claro que se falhasse a recuperação seria rápida, bastava reiniciar o sistema
  • De lá pra cá,  alt+crtl+del, power off + power on, passaram a ser sinônimo de solução rápida de falha e passou a ser procedimento "normal"  do cotidiano de TI

As intenções da Apple não sei, mas acredito que não tem nenhum inocente e algo está por trás. 

Acredito que foi proposital. Se funcionasse de primeira ninguém teria percebido o funcionamento, não haveria mídia espontânea gerada pelo comentário da "falha". 

Acredito também que seja para demonstrar o mesmo conceito que a Microsoft usou  e transmitir da mesma forma uma mensagem subliminar:
  • Não ocorreu uma falha, pelo contrário, o sistema faz a verificação criteriosa, e protege caso não faça o reconhecimento;
  • Se não reconhece que deveria ser reconhecido é fácil de resolver, basta enxugar ou limpar o rosto que funciona!
Vocês acreditam que, com o aparato tecnológico que a Apple dispõe, eles deixariam esta possibilidade de "falha" descoberta?

Eu Não! 

Eu teria feito falhar propositalmente para causar este impacto que gerou!

Finalizando, o iPhone X Face ID funcionou como deveria para uma demonstração!

Vejam as "falhas" no vídeo abaixo.



IDFM

terça-feira, 12 de setembro de 2017

JPMorgan - Bitcoin é uma fraude.

O Dimon de JPMorgan diz bitcoin 'é uma fraude'

David Henry , Anna Irrera


NEW YORK (Reuters) - A Bitcoin "é uma fraude" e vai explodir , disse Jamie Dimon, presidente-executivo da JPMorgan Chase & Co, nesta terça-feira (12.09.2017).


Falando em uma conferência de investidores em Nova York, Dimon disse: "A moeda não vai funcionar. Você não pode ter um negócio onde as pessoas podem inventar uma moeda fora do ar e pensar que as pessoas que estão comprando são realmente inteligentes ".


Dimon disse que, se algum comerciante do JPMorgan negociasse a moeda criptográfica, "eu as dispararia em um segundo, por dois motivos: é contra nossas regras e eles são estúpidos, e ambos são perigosos".


Os comentários de Dimon vêm como o bitcoin, uma moeda virtual não apoiada por qualquer governo, mais que quadruplicou em valor desde dezembro para mais de US $ 4.100.


O Bitcoin é uma moeda digital que permite aos indivíduos transferir valor entre si e pagar bens e serviços, ignorando os bancos e o sistema financeiro convencional.


Dimon disse que se o suprimento fosse efetivamente limitado a 21 milhões de bitcoins, pode ser útil para traficantes de drogas e assassinos e pessoas em países com moedas excepcionalmente instáveis.


Isso seria "um mercado limitado", disse ele. "É pior do que as lâmpadas de tulipas".


Bancos e outras instituições financeiras estão em grande parte livres de bitcoin desde que emergiu após a crise financeira. Eles também estão preocupados com a associação inicial com crime on-line e lavagem de dinheiro.


No entanto, o JPMorgan e muitos outros bancos investiram em blockchain, a tecnologia que rastreia transações bitcoin. 


O Blockchain é um livro-razão compartilhado de transações mantidas por uma rede de computadores na internet.


Dimon disse que esses usos serão lançados nos próximos anos, pois está adaptado a diferentes linhas de negócios.


As instituições financeiras esperam que Blockchain possa ser adaptado para simplificar e reduzir os custos dos processos, como a liquidação de títulos, a negociação de empréstimos e as transferências internacionais de dinheiro.


Dimon previu grandes perdas para os compradores de bitcoin. "Não me peça para curtir isso. Pode ser de US $ 20.000 antes que isso aconteça, mas isso acabará por explodir ". Dimon disse.


"Honestamente, estou apenas chocado porque ninguém pode vê-lo pelo que é".


Fonte  original em:

👉 http://www.reuters.com/article/us-usa-banks-conference-jpmorgan/jpmorgans-dimon-says-bitcoin-is-a-fraud-idUSKCN1BN2KP

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Tentativas do FBI influenciar no Telegram

Transcrevo abaixo a versão traduzida de matéria publicada por Pavel Durov, o "pai" do Telegram


Quem tem interesse em Privacidade e Segurança Digital vai ter interesse pela leitura.


Nesta publicação o Pavel Durov revela a tentativa do FBI de tornar o Telegram vulnerável. 


Revela também a existência de "certa cumplicidade" de influenciadores digitais, revelando que são patrocinados pelas agências do governo.


Será? Ou é apenas um movimento de marketing?


Segue:




Meus pensamentos sobre as tentativas do FBI de influenciar Telegram

Pavel Durov

08 de setembro de 2017


Você ainda não leu, aqui está uma história completa sobre como tentativas das agências dos EUA de se infiltrar no Telegram no ano passado.


Ele conta como o FBI tentou influenciar-me e subornar nosso engenheiro em maio de 2016 para tornar Telegram menos seguro. Felizmente, uma vez que nenhum dos nossos clientes dos nossos EUA, podemos dar o luxo de recusar suas ofertas e ser capaz de informar o público sobre estas tentativas. Se você estiver procurando por uma ordem de mordaça, mas também proibi-lo (como plantar um backdoor em seu aplicativo), mas também proibi-lo de acordo com o público sobre isso (caso contrário você pode acabar na cadeia).  


Essa história inteira fez com que eu eu fizesse essa pergunta: se nossa equipe experimentasse tal pressão durante apenas uma semana de viagem para a América, que tipo de pressão são como empresas tecnológicas baseadas nos EUA que enfrentam todos os dias? Como uma empresa orientada para a privacidade opera permanentemente da América? Podemos esperar que o sistema legal aberto dos EUA nos defenda, mas, devido ao sigilo dessas "ordens de mordaças", nunca saberíamos  se as coisas deram errado. E, infelizmente, como revelações de Edward Snowden confirmam alguns dos piores medos.


O artigo também fornece fatos que confirmam algo que eu sempre temia ser verdade - que alguns dos influenciadores famosos e mais vocais dos EUA no mundo da criptografia são patrocinados pelo governo dos EUA para empurrar uma agenda de suas agências. Alguns casos passados ​​são amplamente conhecidos (como NSA infiltrando RSA), mas parece que são geridos pela colaboração entre agências dos EUA e esses influentes "defensores da privacidade" muito mais profundo.


Tudo isso torna mais privacidade de proteção muito difícil, em particular considerando o fato de que Google e Apple - como duas empresas das quais dependem para sistemas operacionais móveis - estão baseadas nos EUA. Não vejo nenhuma receita ou solução fácil para corrigir isso. Desejo um dia, empresas grandes como uma Apple e Google pode tornar-se independentes de qualquer governo que distorça a missão de seus fundadores (talvez iniciem seus países?).


Até então, continuarei fazendo minha parte, construindo o Telegram e protegendo nossos usuários, mesmo que isso exija falar sob ordens de mordaças. 


Eu sei que isso provavelmente pode me colocar em problemas algum dia, como aconteceu no passado, quando eu estava morando na Rússia. Mas essa é a única maneira de me imaginar indo em frente, então eu não tenho e não vou ter arrependimentos. Tudo vale a pena por causa dos milhões de usuários que confiaram seus dados privados ao Telegram.


Versão original: http://telegra.ph/My-Thoughts-on-the-FBIs-Attempts-to-Influence-Telegram-09-08