quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Você frequentaria este local?

Você frequentaria o prédio comercial que tivesse no estacionamento uma cartaz escrito "2 Vagas - Não estacionar para não perder o passeio"?

Não é brincadeira, como pode ser visto na foto.



O mais impressionante que o lugar é na entrada de Riviera de São Lourenço, provavelmente o local de SP com PIB per capito dos mais elevados nesta época do ano e nos finais de semana.



Mas este tipo de comportamento de alguns empresários é mais comum que se pode imaginar, prepotência, ameaças e considerar-se mais importante que o clientes são alguns exemplos que me vem à cabeça de como eles afugentam seus potenciais clientes.

Depois quebram e ficam com os mimimi de sempre, culpando Deus, o mundo e o governo.

Do alto de sua prepotência, não enxergam que sem simpatia e empatia não se chega em lugar algum! #SeLiga

IDFM

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

A Fonte da Juventude e do Poder

Todos querem ser eternamente jovens, a busca pela fonte da juventude vem de longas datas...

A busca permanente pelo poder é outra "neura" que vem desde o inicio dos tempos.

Será que ser jovem é apenas uma questão de relatividade de "estado de espirito" ou uma questão de localização nos "múltiplos universos paralelos"? Certamente a mecânica quântica pode explicar esta teoria.

Estamos vivenciando a mudança da "Era da informação" para a "Era da Conexão".

A fonte da juventude, por muito tempo ainda, continuará sendo a informação, o conhecimento!

Nesta nova era, o Poder muda de caracterista !

Na Era da Informação, o poder era de quem detinha mais e restritas informações. Ter informação era ter poder.

Na Era da Conexão a informação é compartilhada naturalmente (fisiológico), dentro de uma estrutura que se assemelha a estrutura do cérebro humano com sua rede de neurônios.

A Informação Compartilhada é o Poder!

Pegando carona com o pernambucano Chacrina: "Quem não compartilha se trumbica !"

Na era da conexão, a regra é clara: Quem não compartilha informações será rejeitado, descartado!

Quem fica bisbilhotando sem se expor, será excluído, bloqueado, filtrado...

Se isso acontece com Você, acorde! Você ficou dormindo na Era do Passado!

Bom proveito!

 Publicação feita originalmente em julho de 2011 - Eternamamete Jovem.

IDFM

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Blockchain irá "redesenhar" os bancos

Cointelegraph - CEO do gigante bancário, UBS, diz que Blockchain irá "redesenhar" o banco



Sergio Ermotti, CEO do gigante bancário suíço UBS, disse à CNBC que acredita que a tecnologia Blockchain "provavelmente irá redesenhar" a forma como os bancos fazem negócios. O UBS já investiu fortemente em novas tecnologias com IBM, Bank of Montreal e outros.

A afirmação não é uma surpresa, já que as empresas e as instituições se apressaram no espaço do Blockchain para aumentar a eficiência e reduzir os custos. De acordo com Ermotti:

"Nossa estratégia é muito simples, tentamos começar e obter muitas instituições financeiras e clientes em equipas como o financiamento do comércio com outros bancos e a IBM foi uma empresa de sucesso ... [permitindo que os bancos] operem e realizem transações uma maneira mais econômica e eficiente ".

Embora entusiasmado com as possibilidades que a tecnologia Blocklock tem para o setor bancário, o CEO era ambivalente sobre o Bitcoin. No entanto, em vez de assumir uma posição anti-Bitcoin de linha dura, como seu homólogo JP Morgan, Ermotti simplesmente descartou Bitcoin, dizendo:

"Não necessariamente criptomoedas, creio que é necessário defini-la, mas creio que existe um futuro para a tecnologia blockchain, e a tecnologia desempenhará um papel importante na mudança e no redesenho de nossa indústria".

Fonte: Cointelegraph 


IDFM

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Futuro - Inteligência Artificial



Alan Kay certa vez escreveu "A tecnologia só é tecnologia para quem nasceu antes dela ter sido inventada"

Esta frase sempre me vem à cabeça quando fico diante de questionamentos da viabilidade ou da "necessidade" de algumas tecnologias.

Muitas vezes estas tecnologias são colocadas com "modismo" passageiro, uma buzzword do momento, que depois desaparecem, simplesmente somem. Eu particularmente discordo, nada desaparece, o que acontece é o que Alan Katy parafraseou. As "novas" tecnologias passam a incorporar a vida sem serem percebidas, simples assim.

Isso acontecerá com Inteligência Artificial.

Não existirá nada que não tenha IA, desde um brinquedo, roupa, até os mais sofisticados equipamentos de preservação da vida.

Inteligência Artificial será tão natural que deixará de ser percebida como tecnologia, ela faz parte simplesmente...

Recomendo a leitura da matéria de Rodrigo Scotti "Inteligência Artificial é a prioridade hoje", na qual ele mostra o futuro que está sendo escrito hoje e que a revolução através da IA é inevitável.

E aí outras sabias palavras Alan Kay descreve o que vem acontecendo "A melhor maneira de prever o futuro é inventando-o"

Veja também o que publicamos no Avis Ara sobre Inteligência Artificial:

  • Assistente virtual e Inteligência artificial - estamos preparados?
  • Impacto da inteligência artificial (IA).
  • 10 principais tendências tecnológicas estratégicas
  • Ressaca do réveillon - Gartner rever previsões para 2017
  • Um mundo de oportunidades


IDFM

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

2018 - Transformação digital aumenta a Demanda por executivos

O mercado de trabalho em #2018 deverá sofrer uma expansão de demanda, pelo menos é o que me leva a esta certeza os dois Posts da ITForum feitos com base em pesquisas da Michael Page, vejam o porque e tirem suas própria conclusões.
  1. Levantamento da Michael Page revela que 30% das companhias não acompanham a velocidade digital do mercado e não estão preparadas para a transformação digital, pelo menos na opinião de seus funcionários.
  2. O levantamento releva também que 82% das empresas consultadas devem passar por processo de transformação digital nos próximos dois anos.
  3. Em outro levantamento, Michael Page revela também o aumento de 50% da demanda por executivos da área digital.
  4. As empresas não têm poupado esforços para buscar no mercado profissionais especializados no ambiente digital, de acordo com dados levantados pela Michael Page a procura por analistas, especialistas, coordenadores e gerentes cresceu 50%.
Ou seja, houve um aumento de 50% da demanda por profissionais, imaginem quando esta demanda irá aumentar quando 82% das empresas iniciarem seus processos de transformação digital?

Imaginou?

Então, preparem-se para quando chegarem "as águas de março fechando o verão. É a mudança da vida com a Transformação Digital"

Quem tiver interesse, seguem as publicações que fiz referência:
Veja também outro post que fiz com este mesmo contexto:



IDFM

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Multicloud, a realidade para Cloud!

No início do ano fizemos um post (
Multicloud é estratégico na Europa) baseado em uma pesquisa feita na Europa, na qual apontava que a maioria dos entrevistados estavam alinhados a uma estratégia Multicloud.



Nosso entendimento na época era que esta estratégia visava atender aos requisitos de disponibilidade da nuvem.

Como Disponibilidade se resolve com redundância em todos níveis. 

A utilização de Multicloud estava aderente ao atendimento desta exigências, principalmente depois das ocorrências com AWS e Azure:
Multicloud com múltiplos fornecedores passou a ser tema constante nas empresas em 2017.

Chegamos ao final de 2017 com varias empresas, Algar, Embratel entre outras, se apresentando como Brokers para atender as necessidades de Cloud e Multicloud das empresas.

Este movimento de "popularização" do uso de Multicloud, é como um bálsamo para neutraliza e curar a Cloudfobia do c-Level no mercado Brasileiro.

Também abre espaço para empresas locais, não Globais (as Big, as grifes), possam prestar serviços de infraestrutura de Cloud em composição com outros players, permitindo soluções de todos os tamanhos e exigências, puxando o preço para baixo.

Como mencionei no post anterior, Trump decide levar a TI para a nuvem - GO TO CLOUD!, para os profissionais de TI brasileiros esse é um excelente notícia, já que, as empresas prestadora de serviços de soluções de infraestrutura de Cloud, MultiCloud, aplicações e serviços baseados em Cloud, vão ter que contratar profissionais para atender a demanda, de outra forma, os projetos não sairão da prancheta.

IDFM