domingo, 31 de março de 2019

Conhecimento e experiência tem valor, você sabia?



Estava aqui pensando com meus botões.

Porque será que tem  pessoas que acham que consultor independente, aquele profissionais sem vínculo com empresas mas com muito tempo de estrada e conhecimento, são pessoas que podem transferir o capital intelectual (conhecimento, relacionamento, experiência),  acumulados ao longo de muitos anos de trabalho duro e investimentos, para outros sem que seja dado em troca uma remuneração?

Conhecimento, relacionamento e experiência tem valor, você sabia?

Então pense nisso quando estiver querendo "ajuda" para alavancar seus negócios, além de amigo, eles são profissionais tanto quanto você!

Beleza? 

By IDFM

sábado, 30 de março de 2019

Cloud - Gartner aponta 5 oportunidades

Vocês viram o que foi publicado por TIinside?


Em resumo, do ponto de vista do fornecedor de soluções de Cloud, o Gartner aponta 5 oportunidades para o avanço dos serviços.

  1. Serviços de migração – como migrar para a Nuvem;
  2. Serviços de pré-planejamento;
  3. Consultoria geral e consultoria em modelos de precificação;
  4. Serviços de migração de Data Center e
  5. Serviços de corretagem de Nuvem.

Imaginem o poder que o c-Levels agregam aos seus projetos de Cloud, tendo seu fornecedor com estes 5 pilares em seu DNA?

Não é difícil encontrar dentre os grandes players do mercado, se apresentando com fornecedores de soluções, mas poucos são aqueles que suas soluções são completas "de cabo a rabo".

Apesar do foco dado pelo Gartner ter sido direcionado ao fornecedor, estes 5 pontos devem ser considerados estratégicos pelos c-Levels.

Selecionar o fornecedor é a etapa estratégica mais importante do processo.

Não adianta se aventurar na seleção, sem que seu fornecedor esteja preparado para atender desde um cenário simples até um ambiente completo, complexo, com múltiplos fornecedores e nuvens.

"Pense em cloud-first ao construir sua oferta de produtos e esse será o seu ingresso para o sucesso", é a mensagem deixada pelo Gartner.

Conselho que deve ser levado a sério tanto do lado do cliente, que pensa em ir para a nuvem, quanto do lado do fornecedor de soluções de nuvens.

Veja também os links abaixo, vc vai gostar:


Caso tenha interesse de detalhes da matéria publicado por TIinside. Acesse o link abaix



By IDFM

terça-feira, 26 de março de 2019

O que faz a nova lei de direitos autorais da UE?



As novas regras visam dar aos artistas e editores mais poder sobre as plataformas de internet.

Mas estes interesses vão contra os interesses do "Clubinho do Vale do Silício", que rejeitam soberania, regulamentação, o governo menor e militarismo (Modelo mental por trás do poder no Vale do Silício.).

Vai contra o modelo de negócio, que por um lado recebe de "graça" e entrega de "graça" mas que deixa uma fortuna de publicidade pelo caminho para o "clubinho".

Enquanto o poder da lei não atravessa o atlântico e chega por aqui, segue link de matéria que vale a pena a leitura para entender o que faz a nova lei de direitos autorais da UE e os interesses envolvidos.

Não tem nada de graça!


By IDFM

segunda-feira, 25 de março de 2019

#SaveYourInternet - #SalveSuaInternet


Hoje, acessando o Wikipédia, fui alertado que amanhã, 26.03.2019, será votado no parlamento europeu a nova legislação (Diretiva) relacionada aos direitos de autor.
Segundo o alerta, a Diretiva vem impor novos encargos com licenciamentos em sites da Internet que recolham e organizem notícias (Artigo 11), e forçar as plataformas a validar proativamente todos os seus carregamentos nos seus sites, bloqueando de forma automática todos os carregamentos de conteúdo potencialmente protegido por direitos de autor (Artigo 13).

Segundo os opositores da diretiva, estes artigos podem afetar significativamente a liberdade de expressão e a participação na Internet.

Os opositores dizem que os Artigos 11 e 13 irão, supostamente, acabar com a Web como ela é hoje, porque:

  • Porque vai controlar radicalmente a informação compartilhada online.
  • Porque Sites web que congreguem, organizem ou interpretem noticias não poderá mostrar fragmentos junto aos artigos.(uma postagem como essa, por exemplo, vai contra a diretiva).
  • Porque tornará mais difícil a obtenção de informação online, e a geração de conteúdos independentes.

Por outro lado, outros alegam que a diretiva protege quem produz conteúdo e conhecimento, pois, passará a ter uma "regra" para coibir que outros ganhem fábulas de dinheiro, sem repassar qualquer migalha para os verdadeiros proprietários. 

Mas como esses produtores de conteúdo ganham leitores e tráfego se não for pelas plataformas sociais e de busca?

A quem interessa este nó que está sendo dado na internet? 

Minha leitura é que essa é mais uma batalha pela disputa dos orçamentos bilionários de publicidade, o interesse por trás desta diretiva são os grandes grupos da mídia tradicional, jornais, revista, tb, rádio que estão chegando próximos da extinção.

Mas como tudo na vida, acredito que esta "gritaria" neste momento é passageira e tudo se ajustará a partir que a legislação, se aprovada, entre em vigor e os tribunais produzam suas primeiras decisões e interpretações nos julgamentos.

Enquanto isso, possivelmente, a UE ficará isolada do mundo como forma preventiva das empresas não sofrerem caminhões de processos. Quem perde com isso é a sociedade de forma geral.

Será que o tempo da Internet com tudo free, estão com os dias contatos?

Será que estamos voltando para as listas Telefonica e catálogos de produtos impressos?

Não se iludam nem menospreze os políticos e as empresas de mídia tradicionais daqui do Brasil, passando por lá, já já chega por aqui!

Caso tenha interesse de entender melhor, assista o vídeo do link abaixo e acessem os links que eles indicam. Vale a pena!



By IDFM

Reajam!

Para que o mal vença, basta que os bons não façam nada!

Entao, reaja!

By IDFM

domingo, 24 de março de 2019

Uma cagada atrás da outra - Facebook não garante privacidade de senha.



Primeiramente peço desculpa pela linguagem usada neste post, mas reflete a minha indignação com o caso.


Como já não bastasse os escândalos de vazamento de informações do Facebook, esta semana veio a público mais uma cagada do clubinho do Zuckerberg, revelando o quanto eles desprezam a privacidade de seus usuários, literalmente eles "cagam da cabeça dos usuários".

Desta vez, foi anunciado que o Facebook vinha guardando as senhas dos usuários em um simples arquivo de texto, sem qualquer requisito de segurança, criptografia por exemplo, podendo ser lido por qualquer pessoa que tivesse acesso.

A revelação só veio à tona depois de uma denúncia, o que forçou o Facebook reconhecer a falha que expôs as senhas

Uma falha primária, de quem não dá a mínima para segurança.

Como de praxe, o Facebook vem com uma desculpa esfarrapada de que essas senhas nunca estiveram visíveis para alguém fora do Facebook e que a empresa não encontrou nenhuma evidência de abuso interno, como se bastasse para atestar segurança dos dados que eles têm de todos os usuários.

Será? As revelações dão conta que cerca de 2.000 funcionários fizeram 9 milhões de consultas de dados que continham senhas de usuário em texto simples.

🤔 9 milhões de consultas não é um volume absurdo?

🤔 Com que interesses foram feitos esses 9 milhões de consultas?

Mas tem quem relativize este problema, pelo fato de quem teria acesso a senha eram apenas os funcionários da própria rede social (quem garante? (O Facebook não tem credibilidade para acreditarmos esta afirmação) alegando que "não confiar neles acarretaria em uma desconfiança no próprio serviço".

Mas é exatamente para isso que existem sistemas de segurança, e criptografia. Para podermos confirmar que nem 1 nem 2000 funcionários não consigam acessar informações que não devem, mesmo que tem acesso aos arquivos, isso é que dar confiança na utilização dos serviços, não é mesmo?

Imagina se você confiaria em um Banco que sua senha da conta corrente pudessem ser vistas por 1 ou 2.000 de seus funcionários. Você confiaria neste banco?

Se eles têm este cuidado com as senhas dos usuários, imaginem o que eles fazem com seus dados, com os interesses de seus clientes, com as estratégias de seus anunciantes, não é mesmo?

O mais absurdo é saber que é uma falha infantil e demonstra amadorismo e descaso que deve vir desde o início do Facebook no campus universitário.

Corro o risco de dizer que hoje em dia, nenhuma criança que desenvolve Apps para feira de ciências escolar, comete uma falha primitiva como essa.

E vai muito além ...

Acredito que a extensão desta falha vai muito além da que apenas esta sendo informada.

O que vocês acham dos tantos Apps que confiaram no Facebook, utilizam o usuário e senha do Facebook como componente de segurança para seus clientes e usuário?

Minha leitura é que todas as informações, os dados, que confiamos a guarda nestes Apps estão vulneráveis, ou não?

Paladino da privacidade

O mais absurdo é ver recentemente o Zuckerberg se apresentando para o mundo como defensor da privacidade.

Se esta denúncia não viesse à tona, estaríamos todos "engolindo" esta farsa de paladino da privacidade.

De acordo a revelação feita, entre 200 milhões e 600 milhões de usuários do Facebook podem ter tido suas senhas salvas em texto plano e disponível para busca por mais de 20 mil funcionários da rede social.

Esta é a forma que esperamos que um defensor de privacidade se comporte?

Em janeiro, na mesma época que agora alegam ter descoberto a falha, Sheryl Sandber teria revelado que alguns principais acionistas do Facebook já pressionaram para que Zuckerberg renuncie ao cargo de chairman. Será que não chegou a hora?

Compreendo a pressão dos investidores diante de uma cagada atrás da outra e a duvida: será que um dia o Facebook conseguirá sair do campus universitário para se tornar definitivamente uma plataforma de negócios? 

Pois é, o recado ja vem sendo dado: Zuckerberg, está na hora de "pedir para cagar e sair".

Enquanto isso? 

Para os usuários do Facebook, vale sempre a receita do "caldo de galinha". Troquem suas senhas, não usem o Facebook para acessar outros Apps e não autorizem outros Apps acessar sua conta de Facebook.


Quem tiver interesse em mais detalhes sobre assunto, seguem links:














By IDFM

quinta-feira, 21 de março de 2019

21 de março de 2019 - Temer? 🙋🏼‍♂️Presente!

Hoje o dia foi de acompanhar mais um capitulo da história do Brasil e não poderia deixar de fazer um registro histórico de minhas percepções neste dia.

As emissoras de TV deram uma trégua nas insistentes notícias que se repetem todos os dias o dia todo, na internet a Momo e a Bettina foram deixadas de lado.

Confesso que faz tempo que não via um JN sem ter destaque ao Queiroz ou que a Marielle não estivesse presente.... Pois é, hoje foi dia Marielle ausente no JN.

Alguns que cultivam seus ladrões de estimações comemoraram a derrubada do golpista, outro nem tanto, mas a sensação "agora é pra valer" revela uma visão otimista. Não tem parto sem dor!

Otimista, mas como se a Bolsa caiu? Alguns fazem a leitura que Bolsa caiu como sendo um sinal de que não foi bem absorvida a notícia pelo mercado, alguns falam que "o medo" tomou conta do mercado, arranjando uma "desculpa" para o movimento pra baixo, mas esquecem , talvez com com segundas intenções, que a reforma da previdência tá "parada" sem relator na assembleia e que a bolsa vinha em uma sequência de altas, batendo recordes, e sempre que tem sequências de alta, os investidores realizam lucros, provocando uma baixa de "correção". Hoje foi o 3º dia de baixa do movimento de correção. Pelo menos é desta forma que sempre recebo explicação das análises técnicas e históricos mostram estes movimentos.

O dia também foi de confirmações.

Ninguém tem dúvida que a redes sociais viraram instrumentos de comunicação direta da sociedade, certo?

Quem souber interpretar as mensagens subliminares/cifradas que circulam no emaranhado da redes, tem nas mãos uma verdadeira bola de cristal.

Pelo menos é o que deixa a pensar a revelação de mensagens que foram publicaras pelo juiz Bretas às vésperas de ordenar a prisão de Michel Temer.

"A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda", publicou na segunda-feira.

Na quarta-feira, ele publicou: "Viver com obediência a princípios éticos e morais não é fácil, mas vale muito a pena".

Talvez, estas mensagens, "supostamente inocentes", tenham sido interpretadas como sinal para investidores realizarem lucros, talvez não.

É sabido que no mercado financeiro existem muitas plataformas que fazem a leitura do mercado e fazem suas "previsões"...

Mensagens entendidas antecipadamente é garantia de lucros.

Sigilo / Publicidade

Também fica mais uma vez confirmado que não tem nada sigilosos no Brasil, os vazamento continuam existindo, mais uma vez a imprensa estava lá, antes da na hora na prisão, o que levou ao próprio Temer perguntar porque existiam tantos repórteres na frente de casa.

A inteligência das Redes sociais

Imagine o que os sistemas de inteligência artificial do Facebook, Linkedin, Google, Twitter e etc, conseguem garimpar e tirar proveito em benefício próprio das informações que circulam pela rede.

Imaginem em que ponto chegaremos com IA dominando estas mídias, a soberba e altivez já são características presentes, ou não?

Aprendizado

As palavras têm poder!...e o espelho também!

É necessário cautela para não deixar de enxergar a soberba em si,  para não ser surpreendido nas próprias ruínas.



Não é da Momo que devemos proteger nossas crianças, devemos proteger dos Lulas e dos Temers da vida, com a corrupção que vem dia a dia levando o terror, a morte e tirado o futuro delas.

Temos que acabar com isso, viu?

By IDFM

Economia compartilhada, onde chegaremos?

Hoje descobri a existência de mais empreendimento da economia compartilhada.

Já estamos nos acostumando a cada dia sendo disponibilizados mais e mais serviços de compartilhamentos de recursos, sejam os coworking, sejas as bicicletas, patinetes, carros, bicicletas, motoristas, officeboy, delivery e etc.

Me deparei na rua, em Sampa, com mais um desses serviços, desta vez o serviço disponibiliza Scooter da Riba Share.



Não devia me surpreender com mais um transporte se não fosse o custo de R$ 0,59 por minuto. Este preço me deixa claro que a concorrência dos serviços de mobilidade urbana está muito forte, estão se enfrentando num oceano vermelho.

Será que isso é bom para a sobrevivência de alguns serviços?

Arrisco a dizer que não. Mesmo que seja ótimo ter custos baixos para os usuários, o risco de concorrentes quebrarem e ter uma consolidação que leve ao monopólio, será péssimo ao longo prazo. Sem concorrência o preço sobe e a qualidade desce.

Economia compartilhados não é futuro, é presente.

Sem duvida, as gerações que estão chegando ao consumo já estão com seu DNA modificado, onde o mundo do TER ficou para trás, agora o tempo é do USAR.

Uma geração que estão despertando que devemos pagar pelo benefício do produto/serviço e não pelo produto em si.

Não tenho dúvida que os serviços de compartilhamento estará expandido para tudo que se possa imaginar.

É um caminho sem volta, que vai mudar como a indústria se relaciona com seu consumidor final, atingindo todos que participam da cadeia de distribuição até o varejo dos recursos compartilhados.

A lógica é simples, na verdade precisamos de um buraco na parede e não de uma furadeira no armário, não é mesmo?

Antes de comprar qualquer coisa, vai fazer parte da avaliação para a decisão, descobrir se já existe o compartilhamento do produtos e caso não exista, qual o risco tem de se perder dinheiro investindo na aquisição (perda de valor de revenda) se ele vier a ser compartilhado logo logo.

E você, o que acha que vai rapidamente surgir sendo compartilhado?

Quais produtos ou serviços vocês desejam que sejam compartilhados?


By IDFM

quarta-feira, 20 de março de 2019

Momo ou Betina, quem dá mais medo?

Gente... que pânico é esse?

Será que assim a polemica dos milhões de Betina sai de cena.

Isso de fazer medo as crianças sempre existiu... Quem não lembra de alguns personagens da infância que nos davam medo? A Perna Cabeluda, "Cumade" Florzinha e o  Papa-figo são apenas alguns exemplos na minha época lá para as bandas de Recife e Olinda.

O lado bom desse pânico é que ele vai servir como um "freio de arrumação", vai fazer os pais refletirem quanto a opção de abandonar os filhos no "mundo digital" e se tornarem mais presentes.

Acredito, também, que vai fazer as crianças serem mais seletivas nas escolhas do entretenimento dos vídeos.

Mas o que motiva alguém fazer este tipo de vídeo? Eu acredito que eventualmente pode ter aparecido algum vídeo, alguém fez para chocar e tornar viral mesmo, maldade existe e não podemos ignorar, Talvez pode ter sido feito apenas como uma intenção específica, para um determinado caso, mas também pode ter sido feito intencionalmente para "afastar" as crianças do excesso do mundo digital e ameaça existentes.

"Menino, vem pra casa senão o papa-figo vai te pegar" era a forma que as mães tinhas para manter suas crianças em casa, será que agora passaremos a escutar: "tá assistindo muito vídeo, desliga senão a Momo vai terminar aparecendo"

O medo faz as pessoas reagir.

Os pais agora vão reagir, não apenas se preocupando, mas olhando e auditando o que os seus pequeninos estão acessando. Não pode ser negligente neste assunto e alguns agora vão de tocar que estavam sendo.

Posso tá enganado, mas acredito também que o Google (YouTube) tem capacidade de identificar e excluir os conteúdos inadequado para as crianças na plataforma criada especificamente para elas.

E quem não sabia da Momo?

Mesmo aquelas crianças que seus pais não deixam ter acesso às plataformas de vídeos e não sabiam, agora vão saber!

Pois é, o pânico dos pais está fazendo as vítimas mirins, os pais como forma preventiva tem contado aos filhos a estória e desencadeando o medo nessas pequenas criaturas. Só para ter ideia o relato de uma mãe: “Eu mostrei a Momo para ela e conversei com ela para prevenir. Me arrependi. Agora virou uma criança medrosa.”.

Imagina quando essas crianças chegam nas escolas e contam para outras o efeito de pânico gerado? As escolas que usam de plataformas digitais para o ensino, poderão enfrentar problemas de aceitação pelas crianças.

Quem são os pais do pânico?

A Momo é versão da era digital da Boneca Xuxa e do Boneco Fofão dos anos 80.

A geração de pais das crianças de hoje, são aquelas crianças dos anos 80 que destruíram, jogaram fora, seus brinquedos por conta da onda de boato da época, não existia internet e tudo se propagava no boca a boca nas escolas.

Esses pais, também são as crianças que na época do início da internet acessaram tudo sem qualquer "censura" dos pais e que agora confiam em Apps para seus Kids acessarem....

Agora é o momento da reflexão, comparando com a época deles que não tinha esses problemas.

Lembro bem, na época que MSN era o brinquedo predileto das crianças, era divertido ver o medo que dava neles quando aparecia uma foto ou um nome estranho no canto inferior direito da tela, anunciando a entrada/chegada de um usuário. Qual era a criança que não tinha medo quando aparecia: "Maria sanguinolenta entrou".

A quem interessa esta onda de pânico?

Será que os YouTuberes ganham com esta polemica?  Acredito que sim, apesar de alguns alegarem que nada que seja exibido que faça a referência a Momi é monetizado, a polêmica gera exposição deles, gera audiência e mais seguidores depois. Consequentemente, irá representar em mais receita. 

Seria interessante ver quantos seguidores tinham antes e depois da polêmica os YouTuberes que iremos descobrir quem tirou proveito nos vídeos publicados sobre o assunto.

Como o problema está relacionado a  plataforma líder para um público que será o futuro consumidor de conteúdo e entretenimento, é preciso ver quem são a concorrências, vamos descobrir que alguns concorrentes vão aumentar significaremos a quantidade de horas de exibição de vídeos infantis.

Vejo alguns relatos dizendo, "agora só deixo assistir o Netflix", como sendo uma alternativa segura.

Não me surpreenderá o aumento de audiência das TV a cabo com conteúdo kids passarem a ter mais e mais audiência por dispositivos móveis (smartphones e tablets), esta será uma alternativa para "acalmar as crianças",  transferindo a responsabilidade  para fiscalização formal existente de um segmento consolidado.

Não me surpreenderá também o surgimento de versões de Apps específicos para público kids serem lançados pelo Netflix, Globoplay, Now, etc.

Será que está ação levará de volta para as TV a audiência deste público?

Mas isso é passageiro, já já esquecem.

Pois é, estes boatos vão continuar existindo, "estórias fantásticas" vão continuar sendo contadas pelas Betinas e as Momos da vida. Sempre foi assim, desde o boi tata, mula sem cabeça, as bruxas da Disney, chegando agora a Momo e a Betina do YouTube.

Então, precisamos ficar preparados, muitas coisas ainda vão acontecer até 20 de junho de 2019.


By IDFM

segunda-feira, 18 de março de 2019

O que você carrega na sua mochila?

Qual o acessório mais usado pelas pessoas que transitam nos calçadões da Av. Paulista? Você arrisca a dizer?

Pois bem, hoje estive na Paulista e fiquei observando as pessoas passeando pelo calçadão, algumas apressadas, como que estivessem atrasadas, outras caminhando normalmente e outras claramente "turistando", como eu.

Independente de sexo, idade, posição social, o que você vê é que 3 em cada 5 pessoas, tem nas suas costas mochilas. Coloridas, estravagantes, discretas, pretas, algumas bem cheias e pesadas, mas a maioria murchas, como que não estivessem carregando nada dentro.

Isso me deixou curiosos e me levou a reflexão.

Mas afinal, com todo desconforto que é carregar uma mochila nas costas, o que tornou este acessório um item tão presente? O que tanto se carrega nestas mochilas?

Até entendo que esta era uma forma de transportar cadernos, livros, os notebook que se popularizou, mas nos dias de hoje, onde os equipamentos pesados foram substituídos por smartphones, tablet não me parece fazer sentido.

Possivelmente são carregadas as coisas importantes, as coisas indispensáveis, que precisam estarem disponíveis quando forem necessárias, como o cinto de utilidade do Batman.

Fiquei curioso, o que será que as pessoas carregam em suas mochilas da vida?

Como será que nossas mochilas estão? 

Apenas com as coisas necessárias, vazias, ou estão lotadas de coisas supérfluas e desnecessárias, coisas que apenas fazem "peso morto" que tona nossa caminhada desconfortável?

E você, o que você carrega na sua mochila da vida?


By IDFM

Faça bem feito

As pessoas podem duvidar do que você fala, mas acreditam no que você faz! Então faça! Faça bem feito!

domingo, 17 de março de 2019

O que acontece em um minuto da Internet em 2019?

Vocês viram isso no site Visual Capitalist?

Foi Publicado em 13 de março de 2019 mais uma versão da tão esperada publicação que apresenta anualmente uma fotografia do que acontece na Internet, no mundo digital.

A publicação tem se tornado uma referência, mostrando como referencia um minuto, durante um dia típico de atividade.

Os números apresentados são gigantescos, monstruosos.


Como é possível imaginar que ainda são enviados 188 milhões de email a cada minuto ou que só 42 milhões de mensagens são trocadas pelo Messenger e WhatsApp em 1 minuto?

Também é de se imaginar os motivos que as empresas de mídia tradicionais estão apavoradas com o a fulga de seguidores para outras alternativas digitais.



Basta dar uma olhada nos números relacionados a Netflix (694 mil horas assistido em 1 minuto) e do Youtube (4,5 milhões de videos assistidos em 1 minuto) para se ter uma idéia de como as pessoas tem buscado outras alternativas de entretimento além das emissoras de TVs para consumirem filmes, noticias e videos de uma forma geral.

O Netflix deve esta deixando as emissoras de TV em apuros, de 2019 a 2019 teve um aumento de 160% de horas assistidas. Sem público "pendurados" nas suas programações, a publicidade desaparece, receita cai!

Ja o crescimento de apenas 2,8% do Facebook, talvez demonstre um inicio de estagnação da plataforma que possa sinalizar uma resistência dos usuário com esta plataforma que poderá levar ao esvaziamento, possivelmente, depois dos escândalos protagonizado por ela e pelos conteúdos exagerado de seus frequentadores. Vc tem esta percepção também, certo?

Enquanto isso, o Instagram dobrou de tamanho aponta um mudança nas preferencias de plataforma para a socialização digital.

Quem tiver interesse, segue link da publicação originalmente feita no Site Visual Capitalist



By IDFM

sexta-feira, 15 de março de 2019

O Limbo da Transformação Digital

Esta semana tive a oportunidade de observar o limbo que a transformação digital vem deixando enquanto avança.



Existe uma legião de pessoas que não embarcaram na "onda digital" e agora vivem num limbo digital.

Perdidos entre os artefatos tecnológicos que invadiu a vida de todos, não conseguem entender o que acontece no dia a dia, a sua volta, desconhecem a existência de "vida" no mundo digital.

Em alguns casos, já estão equipados com Smartphones, mas que não passam de meros telefones difíceis de serem usados, basta escutar o toque dos dedos quando tocam as telas, mesmo em modo silencioso, para identificar essas pessoas.

A transformação digital está acontecendo independente das empresas, de nível social, intelectual, poder econômico e idade! 

Mas, como efeito colateral, está criando também uma legião seres abandonados, perdidos, que dificilmente serão resgatados e serão tratados pelos digitais com "zumbis analógicos", seres invisíveis, apenas por não terem atração por tecnologia.

Veja em sua volta, facilmente você vai identificar indivíduos dentro desta realidade. Quantas vezes eles se tornam invisíveis no seu convívio?

A utilização de tecnologias do mundo digital por estas pessoas é coisa do outro mundo.

Para essas, não tem como as melhores técnicas de experiência do usuário possa resgata-las. Elas serão levadas cada vez mais as profundezas do limbo.

Será que tem como resgatar essa turma?

Caso tenha interesse, segue links com uma publicações que fiz dentro deste contexto:


By IDFM

terça-feira, 12 de março de 2019

Facebook - Chegou Super Mark, o super herói da privacidade!

Vocês viram isso?

O Ministério da Justiça abriu processo contra o Facebook por uso indevido e roubo de dados.



A ação do ministério da justiça estão relacionada aos casos:
  • Do escândalo do Facebook com a empresa Cambridge Analytica;
  • À atuação de hackers, que teriam coletados dados pessoais, tais como: nome, e-mail, número de telefone, locais visitados e buscas realizadas pela internet.
  • A suposta prática do Facebook, que estaria usando aplicativos para coletar dados sensíveis dos seus usuários, tais como ciclo menstrual e frequência cardíaca.
Caso o Facebook não responda aos questionamentos no prazo estipulado poderá resultar na imposição de multa.

Em paralelo, na semana passada, Mark Zuckerberg anunciou plano de união do Facebook, WhatsApp e Messenger em uma única plataforma de comunicação, com argumento que a união oferecerá mais privacidade e segurança.

Este anúncio provocou uma reação por parte do Ministério Público do Distrito Federal que iniciou nesta semana uma investigação garantir que seja obedecida a legislação brasileira, a Constituição Federal, o Marco Civil da Internet, a privacidade dos usuários e questão concorrencial (CADE).

Será que Zuckerberg repentinamente se transformou em um super herói defensor da privacidade?... tá querendo enganar quem cara pálida?

Será que o congresso americano vai acreditar nesse novo Super Mark, típico super herói da Marvel?

Será que podemos confiar ou Mark Zuckerberg está querendo nos enganar?

Traição faz parte do DNA do Mark, trair mais uma vez não será surpresa, não é mesmo?

Esse é mais um episódio da nova temporada que apenas começou...

(Comentário feito no dia seguinte desta publicação, para alimentar a teoria conspiração, tivemos relatos de dificuldades  na utilização do Facebook, Instagram e WhatsApp no Brasil. Será retalhação do Zurckerberg, para demonstrar o poder que ele tem da “nação digital” que ele comanda?)

Quem tiver interesse em episódios das outras temporadas, seguem links com publicações que tenho feito sobre o assunto. Vai lá, vc vai gostar:








Caso tenha interesse em matérias recente, acesse o link abaixo:




By IDFM

segunda-feira, 11 de março de 2019

Acredite, O Bem Sempre Vencerá!

"Para que o mal vença, basta que os bons não façam nada!


Esta frase de Edmund Burke é cruel e bastante verdadeira !

O comodismo, a conveniência que muita vezes é retratada com um simples posicionamento de covardes!

As vezes estes covardes de escondem por trás de expressão do tipo:
  • "não tenho nada com isso";
  • "Ema ema ema, cada um com seus problemas";
  • ...ou apenas virando o olhar para outro lado ou fazendo cara de paisagem ...
São inúmeras as formas, geralmente travestidos do Bem ou fazendo humor com a desgraça dos outros, esses covardes abrem espaço para o mal avançar!

Não basta ser do bem!

Precisa ter postura, coragem e principalmente ocupar o espaço para não deixar o mal avançar!

Não deixe espaços para estes tipos de corvardes, que se acham do "Bem", tiram proveitos das situações para se promover ou em troca de outros benefícios próprios..

Definitivamente, esses não são do "Bem"!

Não deixem eles ocuparem espaço.

Não seja omisso ou simplesmente não fazendo nada !

Você que é do Bem sabe exatamente quem são eles.

Ocupe o espaço !

ACREDITE, O BEM SEMPRE VENCERÁ!


* Publicação feita originalmente em 12 de abril de 2011.


By IDFM

sexta-feira, 8 de março de 2019

Fintech vs Banco - Quem são os culpados pelo fracasso?

Vocês viram isso que foi publicado por Forbes?

O ranking brasileiro de melhor instituição financeira do Brasil, brasileira, World's Best Banks 2019, elaborado pela Forbes é dominado por "bancos digitais" que em até pouco tempo não existiam ou eram desconhecidos.

O ranking dos melhores bancos do mundo a liderança é ocupada por tradicionais e gigantes ING e Citibank.

Enquanto que no Brasil, o tamanho não é garantia de liderança quando se faz uma abordagem centrada no cliente, critério de satisfação geral e atributos-chave como confiança, honorários, serviços digitais e consultoria financeira.

No ranking do Brasil no 1º lugar vem o Nubank, que deve esta deixando os tradicionais bancos roxos de vergonha, seguido na 2ª e 3ª posição pelo Banco Inter e Banco Neon respectivamente, outros dois Bancos Digitais. Só na 4ª posição aparece a Caixa Econômica Federal seguido em 5º pelo Itaú. 


Este ranking pode não significar nada, mas deve deixar a cúpula dos tradicionais banco de orelhas em pé.

Pode não significar, mas poderá levar alguns "papas de Bancos Digitais" dos bancos tradicionais para um aposentadoria precoce ou uma promoção para conselheiro, abrindo espaço para uma oxigenação digital dos bancos tradicionais.

Também não me surpreenderá os movimentos de aquisições, afinal, quem tem grana e não sabe fazer, compra pronto, não é mesmo?

Ou até mesmo para "segurar a velocidade" da concorrência enquanto enquanto seu "transatlântico" muda de rota de transformação digital. Quem não viu da história recente, bancos comprando Financeiras de sucesso e "matando o negócio" para continuar dominando com serviços bancários tradicionais?

Será que a estratégia de transformação digital dos bancos tradicionais é um fracasso?

Será que os bancos tradicionais não estão enxergam que apenas uma "roupagem nova" não encantam os clientes?

Será que os bancos tradicionais sobrevivem a era digital com engrenagem analógica?

Será que os Bancos ainda não acordaram que estão no "momento Kodak", preconizado por Antony Jenkins ex-CEO do Barclays?

Será que os bancos deixarão de existir?

Imagino que este notícia, para alguns no alto de seus pedestais, é uma "tapa na cara" que poderão levá-los ao nocaute.

Mas afinal, nesta disputa pelo mercado entre Fintech e Bancos, quem são os culpados pelo fracasso do Bancos Digitais?

Segue algumas publicações dentro deste contexto, acesse, você vai gostar:


Quem tiver interesse nas matérias produzidas pela Forbes neste contexto, acesse o dois links abaixo:


By IDFM

quinta-feira, 7 de março de 2019

Assédio é exclusividade masculina?

Ontem escutei um áudio no WhatsApp de um hétero relatando a experiência que teve indo ao Bloco de Ivete. O assédio sofrido não podia ter reação com o risco dele apanhar e ser acusado pelo resto da vida de homofóbico.

Independente do áudio ser fake ou não, ele me fez lembrar de uma postagem que escrevi no ano passado. Não cheguei a publicar por causa da minha abordagem em relação ao assunto assédio sexual e a polêmica que poderia gerar num momento que não considerava oportuno.

A motivação para escrevê-lo foi porque na época, as notícias de assédio sexual estavam em destaque nas pautas dos telejornais e mídias em geral.

Vamos vê a seguir, como abordei o tema.


Assédio em ambiente profissional é exclusividade masculina?

Primeiramente, quero deixar claro que defendo que esse é um assunto que deve ser fortemente combatido, não pode haver espaço para o "faz de conta" e impunidade.

Num ambiente profissional competitivo e com poucas oportunidades, os assédios morais e sexuais são componentes de uma praga que deve ser exterminada.

O curioso é que sempre as denúncias que tornam-se públicas, tem como
vítimas mulheres e o homem como o algoz.

Isto me levou a refletir.

Será que este comportamento, esta falha de caráter, é exclusividade masculina? Não, não é. O algoz não tem exclusividade de gênero, da mesma forma que não tem exclusividade de gênero para a vítima.

Quem não conhece relatos de casos de assédios contra homem, com abordagem sexual ou moral, partindo de mulheres?

Será que o assédio esta relacionado ao poder? Arrisco a dizer que sim, mas não necessáriamente de quem tem o poder, mas também de quem quer o poder.

Quem não conhece casos de Mulheres "subordinadas" que cometem ou estimulam o assédio com superiores para "tê-los na mão" e ter uma escalada do poder meteórica?

Será que as mulheres também comentem assédio sexual e moral quando detém o poder? Arrisco a dizer também que sim. Quem nunca ouviu pelos corredores, Fulaninha é a poderosa, vive pegando geral e não dá em nada. ou que não que mantem outras mulheres distante para não disputar o "brilho"?

Nas empresas privadas, nas empresas públicas e grandes corporações como será que este tema são levados com a seriedade que deveria? Arrisco a dizer que não, afinal, como sao tratados casos praticado pelos "velhinhos" do andar de cima do alto escalão? Quem nunca ouviu falar funcionárias de baixo escalão ter restrições e medo de atender a sós determinadas pessoas do alto escalão?

Porque será que não existem denúncias de homens contra mulheres?

Será que o homem não tem coragem de se apresentarem como a vítima?

Será que é o medo de se transformar de assediado em assediador?

Será vergonha e medo de bullying do mundo corporativo?

Ou será pelo simples medo de se prejudicar e até mesmo perder o emprego?

E quando a vítima (homem ou mulher) é casada, será que o pânico da destruição da família é que impede a denúncia?

As mulheres estão cada dia mais competitivas e agressivas para atingir seus objetivos e na busca do poder.

Será que elas estão fazendo o mesmo que condenam nos homens?

Assunto polêmico né?

A falta de denúncias não significa a inexistência destas práticas.

Consequências

Será que este tipo de comportamento faz com que os homens sérios, bem casados e resolvidos, tenha restrição de trabalhar com mulheres e não as promovem para serem mantidas distantes?

Será que os homens têm medo de mulheres por perto, por receio de serem acusados de machistas ou de assediador?

Será que esta relação de causa e efeito vem restringindo as oportunidades, fechando as portas, para as mulheres?

Mulheres, fiquem espertas, as próprias mulheres podem esta bloqueando o tratamento igual de homens e mulheres, pelo simples fatos de não se comportarem como a mulher esperam que os homem se comportem!

Imagino que, se houvesse espaço para um debate sem extremismo deste assunto, os depoimentos seriam surpreendente e reveladores

Finalizando

Mulheres, vcs estão ai para ocupar o espaço de igual por igual com os homens, vocês são protagonistas e não podem deixar que sejam vítimas de suas próprias atitudes ou da ausência delas!

Na cultura do assédio, assediador pode ser homem ou mulher, mas quem sempre sai perdendo neste jogo é a mulher.

Então, não seja mero observador, denunciar é o melhor remédio para este mal!

Aproveitando, desejo que vcs celebrem e tenha um maravilhoso dia internacional das mulheres!

By IDFM

Prata da Casa - Dos milagres aos talentos perdidos.


Em bate papo com alguns amigos, nos deparamos com as dificuldades que profissionais "prata da casa" passam para conseguir realizar um bom trabalho, ser reconhecido e ter retorno financeiro e promoções em nas empresas (que muitos consideram Família).

Será que existe preconceito?



Alguns de vocês já devem ter testemunhado situações de preconceito com profissionais, pelo simples fato deles serem "prata da casa", certo?

Não é difícil, né?... se puxarmos pela Memória, vamos lembrar de ter testemunhado alguma situações onde o "prata da casa", mesmo com reconhecida reputação e competência, é colocado de lado ao apresentar sugestões, direcionamentos, projetos ou até mesmo sonhos que são desconsiderados ou menosprezados. Mas, depois surgem através de algum elemento externo ou alguma consultoria externa que vem com a mesma idéia, com uma abordagem diferente, com uma maquiagem diferente, ou até mesmo, com apenas uma capa para o conteúdo produzido pelo pelo "prata da casa".

Os "prata da casa" só são lembrados nos momentos que o caos está presente e só eles conseguem desatar o nó, só são lembrados quando são transformados em "santo de casa" e têm que fazer milagre!

Mas o que nos leva a este tipo de situação? Arrisco a listar algumas possibilidades:
  1. Será por Insegurança de quem decide, que busca empresas (pessoas) com "reputação" para dar respaldo e confiança na decisão?
  2. Será por encantamento nas "grifes" para dar status em suas realizações?
  3. Será que é para se auto promover no mercado para uma possível transição de carreira no futuro?
  4. Será que por Incapacidade de capacitar o "prata da casa" na "embalagem"?
  5. Será por se sentir ameaçado e por insegurança em ser "superado" pelo "prata da casa"?
  6. Será estratégia de quem tem o "poder" de manter "prata da casa" afastado do poder, sem ameaça?
  7. Será que é porque acredita que só quem pode direcionar ou ter "idéia" é quem tem o poder?
  8. Ou será por puro preconceito, por acreditar que fora de casa as pessoas são mais qualificadas e por conhecer a intimidade do "prata de casa" que não é exposto pelo externo, assim, desconhece o lado obscuro deles?
Será que isso existe ou é apenas mimimi dos "prata da casa"?

Me arrisco a dizer que este é um dos principais desmotivadores e a causas de talentos abandonarem as empresas que gostam, que consideram família, ficando apenas os "carregadores de piano".

E não adianta ter programas de incentivo à ideia que são apenas de fachada, que não valorizam e não dão espaço para a expansão dos talentos, eles são "prata da casa" e sabem quando estão sendo "enganados".

🤔Será que se deslumbrar com recém chegados e abandonar os "pratas da casa" não é um erro que depois pode não ser recuperado?

🤔Não é porque deu “match” que uma relação é de confiança e duradoura, certo? E se o “match” pelo outro seja apenas para tirar vantagens? Não é pelo ”match” que você vai abandona uma  relação de confiança comprovada e de uma vida dos “prata da casa”, não é mesmo?   

Conta aí se você já testemunhou alguma situação deste tipo?

By IDFM

quarta-feira, 6 de março de 2019

Demanda por Blockchain cresce 517%?

Vocês viram isso que a Computer World noticiou em relação ao crescimento de demanda por Blockchain?

Isso me fez lembrar que desde que eu era criancinha lá nas praias de Olinda (😂😂😂) eu aprendi uma forma simplista d como ser certeiro na identificação de oportunidades e nas previsões de crescimento ou encolhimento de capacidade que terminei levando para minha vida.

O que aprendi foi: Quando existe um aumento na produção (pedidos dos clientes) na indústria de papelão ondulado, que é usado na embalagem de produtos (caixas, por exemplo), isto era suficiente para ter a leitura de como ia a economia. O aumento significava que o industria estava produzindo mais, as transportadoras transportando mais, o varejo vendendo mais, aumento do consumo ou por aumento de pessoas aptas a consumir ou por esta "sobrando" dinheiro para o consumo.

Ou seja, a produção de papelão ondulado era um indicador suficiente para identificar que a economia estava expandindo ou retraindo.

Simples não?

Se essa regra significa algo válido, não sei, não sou economista nem estudioso sobre o tema, mas, por analogia, esta forma simplista de enxergar a cadeia de valor de determinada "coisa" serviu de insight para algumas situações que enfrentei, seja na identificação de oportunidade, planejar capacidade, definir estratégias, direcionar esforços, etc.

Legal... e o que isso tem com Blockchain?

Bom... por analogia tem tudo!

A ComputerWorld repercutiu notícia dando conta que Cresceu 517% a demanda por engenheiros de Blockchain, baseado em relatório do site de busca da Hired.

Só por este número (517%), de forma muito simples e análoga ao papelão ondulado, eu faço a leitura que a demanda por soluções com blockchain esta saindo da mera intenção do mercado e começa a deixar de ser vapor para se transformar em solução e necessidade do mercado.

Se está leitura está correta, então podemos também acreditar que haverá uma demanda de serviços para esta "plataforma". Operação, suporte, gerenciamento são apenas exemplos das necessidades e oportunidades que serão demandadas. 

Quem estiver estrategicamente bem posicionado, vai sair na frente com vantagem de um boa barreira competitiva.

Se vc tiver interesse na matéria mencionada, acesse o link abaixo:


Veja também outras publicações sobre o assunto. Vai lá, vc vai gostar:


By IDFM

Carnaval de São Paulo

Sou de Olinda, vivi a transformação do Carnaval de Olinda e convivi com as pessoas de tradicionais blocos como as Virgens de Bairro Novo, Galo da Madrugada e o Bacalhau do Batata.

Resolvi "tentar" fazer uma analogia da transformação do Carnaval de rua de Olinda com o "surgimento" do Carnaval de São Paulo.

Tenho acompanhado nos últimos 5 anos o que vem acontecendo com o carnaval em São Paulo.

Fazendo analogia com o que aconteceu a mais de 40 anos atrás, quando o Carnaval de Olinda se transformou de poucas manifestações de blocos tradicionais em uma invasão de "visitantes" que permanecem durante os quatro dias na cidade e que em menos de 5 anos passou a ser o maior carnaval de rua do Brasil.

Tudo começou quando a prefeitura, provavelmente sem verba, incentivou os blocos tradicionais para desfilar livres pela cidade histórica, sem regras, sem passarelas ou disputas de campeão. Se não falha a memória, com o slogan de "Carnaval Participação", convocava a população para a decoração da cidade e participação.

A Cidade passou a ser um único "salão" de baile de carnaval, sem corda de isolamento, todos estavam juntos, formando o bloco. Em paralelo, entre um bloco e outro, os foliões voluntariamente acabavam organizando seus próprios blocos e passaram a fazer seu próprio carnaval sem patrocino oficial e sem depender dos blocos tradicionais para fazer a festa. O "baile" passou a ser 24 horas por dia em toda cidade histórica.

Rapidamente, sem tomar conta do que estava acontecendo, em menos de 5 ano, Olinda deixou de ter carnaval que dependia da prefeitura para acontecer é a cada ano mais adeptos invadem a cidade.

Hoje o carnaval de Olinda é como um organismos que tem vida própria. Não da para explicar, Só sabe como é quem experimentou.

Com esta mesma velocidade a transformação está acontecendo aqui em São Paulo, é inegável que ele será rapidamente o maior carnaval do País.

A diversidade cultural, a exemplo do que acontece em Olinda e fez ser um carnaval diferente, é algo que em São Paulo é comum também.

Resta saber se os blocos, "não oficiais", voluntários surgirão para dominar o espaço público para o carnaval passar a ter vida própria.

Como no início do Carnaval de Olinda, os ambientes dos blocos são tranquilos, "família", sem exageros, o que tem feito ter mais adeptos, a cada ano, ao carnaval de rua de São Paulo.

A principal diferença é o espaço físico, enquanto Olinda tem o romantismo dos sobrados e dos espaços apertados das ruas da cidade histórica, em São Paulo os espaços são amplos, aberto e com mobilidade urbana que atende. Carnaval num área aberta como no parque do Ibiraquera não tem como não ser legal, né mesmo?

Enquanto em Olinda os Blocos transitam sem rumo e sem direção, subindo e descendo ladeiras, onde quem comanda o trajeto no final das contas é o folião, em São Paulo os blocos mal sem do conto, trajetos curtos, espaços isolados e com muitas regras, regras que até cancelam de última hora os blocos e até mesmo locais que o carnaval termina antes do dia para terminar. Talvez estas regras impeçam o surgimento de Blocos Voluntários Não Oficial. Mas também é convir que são estas regras que dar um clima mais seguro para as multidões que costumam ter.

Com vários pontos de animação em São Paulo, torna-se convidativo para a população, o risco de "super lotação" hoje é afastado com esta descentralização, tornando os ambientes mais leves. Com exceção o dia que cancelaram o carnaval no Largo da Batata, o Ibirapuera esteve cheio mas tranquilo.

Enquanto em Olinda a animação fica concentrada no ritmos do Frevo e maracatu, em Sampa são varias Correntes, desde Alceu Valença e Elba Ramalho, passando pelos os Beatles, Michel Teló, o Funk dos Pancadões até os eletrônicos das Raves.

Tem espaço para tudo e para todos!

Mas algo que ainda precisa ser aprendido é o compromisso com os foliões, muitos deles turistas que fizeram a opção de investir em São Paulo para se divertir.

Distribuição dos banheiros químicos tem que ser visto urgentemente por quem participa (usa) do carnaval, não por burocratas sem experiência neste tipo de manifestação popular. Não adianta ter muitos, sem qualidade e concentrados.

Cancelamentos de Blocos na Faria Lima, Berrini e o encerramento antecipado do Carnaval no largo da Batata são alguns dos exemplos que tive conhecimento... imagino que tenha acontecido muito outros.

Isso é uma sacanagem com os turistas.

O Abastecimento de Bebidas do patrocinador não teve falha, não tinha outro, guardadas as proporções, tinha a maior densidade de ambulantes credenciados por m2 do que se tem de camelô na 25 de março. 😂😂😂

Mas também deve ter sido frustrante para quem fez a opção de vender as bebidas. Não houve o livre comercio, o preço tabelado, sem concorrência, restringiu a livre concorrência entre os vendedores, mesmo sendo produto único não tinha qualquer barganha.

Em São Paulo plano de negócio vira um Bloco, em Olinda a manifestação voluntária popular vira bloco que depois, quem sabe, pode virar um negócio. Essa é a grande diferença de como começou aqui em Sampa e lá em Olinda. Em Sampa carnaval de rua é Business, em Olinda é voluntariado.

A 15 anos atrás quando cheguei em São Paulo eu imaginei que um dia a 23 de maio sendo tomada pelo desfile do Galo da Madrugada.

Atualmente, na semana pre-carnavalesca, o Bicho Maluco Beleza abriu a trincheira e já tomou posse do Ibiraquera, quem sabe, nessa velocidade e dimensão que o carnaval de São Paulo tá tomando, veremos o Galo invadindo São Paulo, tomando a 23 de maio e um Bacalhau fechando a quarta-feira de cinzas no mercadão?

Mas carnaval é isso, cada cidade tem suas características, cada ano é um ano, lições são aprendidas e são ajustados.

Enfim! São Paulo ainda vai dominar o carnaval do Brasil!

Mas, o certo é que quando chega esta época, a magia do Carnaval de Olinda nos contamina e ficamos nos programando para “no próximo ano vamos alugar uma casa em Olinda!” 

By IDFM

terça-feira, 5 de março de 2019

De que vale ter conhecimento?

Vocês viram isso?

Enquanto tem Doutores que ficam no "mimimi" por mais espaço mantendo-se do alto de seus pedestais, outros vão para cima, luta por seu espaço e transformam o conhecimento em benefício para a sociedade, deixam o mimimi de lado e fazem acontecer! 



De que vale ser o "extrato de pó de peido"  do conhecimento? Ter Conhecimento que não se transforma em ação é mera ilusão! É uma decepção!

Então Doutor, que tal tirar a bunda da cadeira?

Assistam o exemplo brilhante de Joana Félix neste vídeo abaixo, depois me conta o que achou. Ok?


By IDFM

sábado, 2 de março de 2019

Inclusão no carnaval - Frevo e Libras


Que massa este fragrante publicado por Aline Lima no Instagram (https://instagram.com/alinelimaa) me deixou feliz e tinha que compartilhar.

Como é uma cena do caranaval em Olinda, fiquei com receio que fosse apenas um brincalhão “tirando onda”.

Resolvi tirar a prova é consultei um amigo que tem limitação auditiva e faz o uso de libras para se comunicar.

Ele assistiu e me respondeu:

“Comunicação em Libras varia de região para região e tambem a forma de intepretar música em cada região é diferente. Ele esta usando Libras sim”

Assisti na TV recentemente, uma reportagem dando conta que os sambas-enredo vem sendo gravado em Libras nos últimos anos, achei massa esta iniciativa, quando vi isso sendo feito em pleno carnaval em Olinda achei mais massa ainda!

Que mais iniciativas como essa sejam incentivadas e praticadas!

😀


sexta-feira, 1 de março de 2019

O que Hambúrguer, Bigamia, Ménage à Trois tem em comum?



Afinal, o que hambúrguer, bigamia, ménage à trois tem em comum?

Não sou de ficar olhando as publicidades na TV, mas hoje me chamou atenção a propaganda de hambúrguer, onde aparecem uma garota e dois garotos numa lanchonete.

Achei muito ousado a campanha que expõe o que parece ser bigamia, disfarçada de humor, tendo a mulher como o pivô da relação.

Finaliza, disfarçadamente, incentivando um ménage à trois, como sendo algo natural e simples como comer os dois Hamburger da promoção.

Talvez eu esteja equivocado na minha leitura, mas será que esta campanha vem com uma mensagem sublimar para ser considerado como normal a bigamia, ménage à trois ou apenas uma estratégia de marketing para viralizar a campanha?

Não sei o que passou na cabeça de quem criou a campanha.

Mas, minha leitura é que a intenção da campanha é de gerar polêmica, viralizar e aumentar a exposição da marca, mas como não vi polêmica nas redes sociais sobre o assunto, talvez eles tenham errado na composição dos personagens.

Talvez se eles tivessem usado um garoto e duas garotas, iria gerar muitas mais discursos contra, muito mais exposição, as redes sociais iriam "bombar", mas a Marca rapidamente seria tachada de machista e a campanha sairia do ar, não é mesmo?

Quem ainda não viu e tiver interesse de ver, assista e comente aqui suas próprias conclusões. Segue link:



By IDFM

ENEM com questões do Hino Nacional Brasileiro?

É vergonhoso assistir um vídeo como esse e não concordar que é preciso ensinar, fazer entender o conteúdo e fazer ser tocados mais...


Veja o Vídeo e diga o que vc acha.



E vc, consegui desengasgar ou ficou sem continuar?


Será que, tendo pelo menos duas questões do ENEM e concursos públicos relacionadas ao conhecimento da letra e interpretação de texto do hino nacional, os brasileiros passarão a saber dele "de có e salteado"?


Acredito que sim, porque não?


Pelo menos, as escolas passarão a colocar o hino nacional na pauta das aulas de português, interpretação de texto, e os cursinhos especializados em ENEM e concursos público tratando do assunto em suas turmas preparatórias, voluntariamente, para teremos mais pessoas aprendendo e atingindo melhores marcas no ENEM e nos concursos.


Simples assim! Nao obriga ninguém a ensinar, mas despertando o interesse de cada um aprender para ter algo em troca!


Enquanto isso não acontece, resolvi publicar a letra do hino nacional aqui também!


Hino Nacional Brasileiro


Ouviram do Ipiranga as margens plácidas

De um povo heróico o brado retumbante,

E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,

Brilhou no céu da Pátria nesse instante.


Se o penhor dessa igualdade

Conseguimos conquistar com braço forte,

Em teu seio, ó Liberdade,

Desafia o nosso peito a própria morte!


Ó Pátria amada, 

Idolatrada, 

Salve! Salve!


Brasil, um sonho intenso, um raio vívido

De amor e de esperança à terra desce,

Se em teu formoso céu, risonho e límpido,

A imagem do Cruzeiro resplandece.


Gigante pela própria natureza,

És belo, és forte, impávido colosso,

E o teu futuro espelha essa grandeza


Terra adorada, 

Entre outras mil,

És tu, Brasil, 

Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,

Pátria amada, 

Brasil!


Deitado eternamente em berço esplêndido,

Ao som do mar e à luz do céu profundo,

Fulguras, ó Brasil, florão da América,

Iluminado ao sol do Novo Mundo!


Do que a terra mais garrida

Teus risonhos, lindos campos têm mais flores;

Nossos bosques têm mais vida,

Nossa vida no teu seio mais amores.


Ó Pátria amada, 

Idolatrada, 

Salve! Salve!


Brasil, de amor eterno seja símbolo

O lábaro que ostentas estrelado,

E diga o verde-louro desta flâmula


Paz no futuro e glória no passado.

Mas, se ergues da justiça a clava forte,

Verás que um filho teu não foge à luta,

Nem teme, quem te adora, a própria morte!


Terra adorada 

Entre outras mil,

És tu, Brasil, 

Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,

Pátria amada, 

Brasil!


By IDFM