domingo, 9 de julho de 2017

Cibersegurança - Um mercado interminável

A matéria publicada no site CBSI ratifica a importância que temos destacados nas publicações que fazemos aqui no AvisAra sobre Ciberseguranca. A matéria mostra como  Israel trata cibersegurança, mostra como uma cidade de Israel virou a capital mundial da cibersegurança.


“É um grande negócio porque nunca tem solução. É um mercado infinito. Espião contra espião. As ameaças não param de crescer, por isso temos de trabalhar juntos com outros governos e com as empresas”


O mercado da cibersegurança já movimenta mais de 225 bilhões de reais por ano em todo o mundo. Quase 10% do total, 22 bilhões de reais, é faturado por Israel, num ecossistema de inovação formado pela com o objetivo transformar Israel na grande referência da cibersegurança. 


Mas isso não é ao acaso, ainda de acordo com CBSI, Israel começou a se preocupar com a cibersegurança, quando ninguém fazia isso, da mesma forma que se preocupavam-se em defender as fronteiras por terra, mar e ar. "Há 30 anos já a definíamos como a quarta fronteira a defender". “estamos rodeados de países que não são amigos”


Para os especialistas israelenses a receita do sucesso em cibersegurança se baseia em três pilares: 


  • Manter um sistema de segurança bem robusto; 
  • Compartilhar informação e tecnologias entre empresas, Governo e Exército; e 
  • Criar uma autoridade nacional em cibersegurança.


Veja o que publicamos sobre este assunto, para entender como estão sendo tratados como graves as questões relacionadas a segurança cibernética. 


👉 Guerra Cibernética é Business.

👉 E agora José ? 

👉 Não tem bola de cristal.

👉 Não tem inocente neste jogo.

👉 Reação americana aos russos

👉 Chegou a vez dos Russos

👉 Reino Unido forma peritos.

👉 Trincheiras em fogo cruzado.

👉Ciber-contra-espionagem


Caso tenha interesse na leitura da matéria da CBSI na íntegra, acesse  clicando  👉 https://goo.gl/1GP8Xdu


IDFM



Nenhum comentário:

Postar um comentário