domingo, 10 de novembro de 2019

É apenas mais um condenado nas ruas do país da impunidade…

Não podia deixar de registrar minha indignação pela decisão do STF no dia de ontem.

Uma decisão que afeta toda a sociedade que clama por justiça, fim de impunidade e mais segurança.

Os grupos de família do WhatsApp, com intensos debates eleitorais e dos a favor e contra Bolsonaro se calaram, mostrando que até mesmo os defensores de bandido ficaram envergonhados e atônitos.

Estávamos vivendo uma "ilha da fantasia", onde a impunidade tinha chegado ao fim e a justiça estava sendo aplicada nos andares de cima.

Pura Ilusão...era apenas um "faz de conta".

O Bandido já podia está livre pela progressão de pena, jeitinho da lei brasileira, que garante aos condenados sair da prisão com 1/6 de cumprimento da pena.

Mas ele não saiu... Fez opção de não sair da cadeia até que ele provasse a inocência, mas não provou...

Ou seja, a liberdade do bandido  não deveria significar nada, mas o SFT quiz afrontar a sociedade para mostrar que eles é quem mandam, só são eles podem interpretar a constituição de acordo com seus próprios interesses ao bel prazer dos ventos.

Talvez essa tenha sido a maneira de desafiar as ameaças de 1 cabo e 2 soldados, sabe lá o que se passa na na cabeça destes ministros não é mesmo?

Afrontou! Deu uma tapa na cara da sociedade, mudando a interpretação que eles mesmos já tinham dado e que era defendida pela sociedade.

Este vai ser o legado do STF, uma decisão que vai fazer a sociedade despertar!

O Bandido continua sendo o mesmo bandido condenado por corrupção, condenado isso mesmo, sem direitos políticos e que agora o Bandido simboliza tudo de desonesto que se passa no Brasil.

Precisamos superar a ressaca moral que estamos sendo forcados a passar.



É apenas uma questão de tempo para os condenados voltarem para a prisão!

É apenas uma questão de tempo para o Brasil ser resgatado e ser um país livre da impunidade!

Um passo de cada vez!

... é apenas mais um condenado nas ruas do país da impunidade!

By IDFM

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

A próxima vítima sempre estará por vir.

Em junho de 2019, fizemos uma publicação repercutindo as invasões do smartphone do ministro Sérgio Moro e deixamos uma questão no ar:


De lá pra cá, viárias outras vítimas foram surgindo e culminou com a prisão de alguns hackers brasileiro, encomendados ou não.

Por aqui o assunto foi deixado de lado sem qualquer consequência para o WhatsApp, Telegram e operadoras de telefonia, já caiu no esquecimento.

As hienas não fizeram nada, nem repúdio, nem cobranças nem nada, aliás, deram alguns grunhidos e se calaram sem qualquer medidas punitivas. talvez por conta do que descreve a teoria abordada na publicação "Vaza jato e la casa de papel faz tentado?

Até parece que os problemas foram resolvidos com a prisão de um hacker, sem qualquer consequência para o Facebook (WhatsApp), Telegram e operadoras de telefonia, que, teoricamente são os responsáveis para garantir a segurança de seus usuários.

Não é bem assim....

Agora estamos vendo mais uma notícia grave, dando conta que WhatsApp foi hackeado para espionar autoridades de governos aliados aos EUA.

Segundo as notícias, as vítimas foram autoridades de alto escalão localizadas nos Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, México, Paquistão e Índia.

Um briga jurídica entre WhatsApp e israelense NSO Group, promete agitar as discussões sobre privacidade.



Pois é, a próxima vítima sempre estará por vir...

Quem garante que só autoridades foram vítimas de invasão?

Quem garante que só a NSO explorou a falha do WhatsApp?

Quem garante que não forma instalados backdoor para uso futuro?

Será que agora o americano "comum" processará o Facebook com pedidos de indenização?

Alguém se arrisca a dizer quem será o próximo?

Quem tiver interesse no assunto, recomendo a leitura da publicação abaixo, você vai gostar.








By IDFM

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Cloud - Qual será o destino da nuvem do governo americano?

No final de 2017, uma matéria publicada por Reuters, dava conta que Trump tinha decidido modernizar a TI da administração do governo federal americano, e que o governo federal deveria eliminar barreiras ao uso da tecnologia baseada na nuvem.

Agora, 2 anos depois, a Microsoft ganhou o contrato para fornecimento para o departamento de defesa do EUA.

Sem duvida, um acordo com Pentágono impulsionará posição da Microsoft em computação em nuvem, como dizem analistas.

De acordo com Reuters, o contrato Joint Enterprise Defense Infrastructure Cloud (JEDI) faz parte de uma modernização digital mais ampla do Pentágono, destinada a torná-lo mais tecnologicamente ágil. Especificamente, um objetivo do JEDI é proporcionar aos militares melhor acesso aos dados e à nuvem a partir de campos de batalha e outros locais remotos.

Em comunicado, a Amazon Web Services (AWS) disse que a empresa estava "surpresa com esta conclusão" e disse que está considerando opções para protestar

Uma coisa é certa, este movimento ajuda a afastar a #Cloudfobia qua ainda domina o mundo corporativo e impulsionará ainda mais o uso da nuvem com solução de infraestrutura pelo mundo afora.

Estamos diante de um momento que Cloud se torna uma Commodities, mas é a solução com  Multicloud (no DNA) que faz a diferença para quem estiver bem posicionado. 



Minha leitura deste cenário, não vale o risco manter solução fora de um ambiente Multicloud, com fornecedores que possam garantir a disponibilidade com soluções mistas.

O Pentágono afirmou que planeja conceder futuros negócios na nuvem a vários contratados.

Será que o este negócio será aberto a empresas não Americana?

O tempo nos dirá no que vai dá, não é mesmo?

Quem tiver interesse, segue matéria publicado por Reuters:  

https://www.reuters.com/article/us-pentagon-jedi/microsoft-beats-amazon-for-pentagons-10-billion-cloud-computing-contract-idUSKBN1X42IU 

Vale a pena a leitura da matéria complementar disponível no link abaixo

https://www.reuters.com/article/us-pentagon-jedi-timeline/key-dates-leading-up-to-the-u-s-pentagons-cloud-computing-award-to-microsoft-idUSKBN1X60KZ

O que teria levado o Google desistir de disputar os US $ 10 bilhões do contrato de computação em nuvem? Que diretrizes éticas da empresa não se alinham com o projeto? Muito estranho....

By IDFM

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Cloud - O rolo compressor


Aquele que não acreditava em Cloud, que estava sempre procurando desculpas para não ir para as nuvens, agora, com as notícias sempre destacando o movimento em direção consistente para as nuvens, deve esta chupando dedo e na eminência de cair de seu pedestal por ter se tornado obsoleto.

Os Frouxos Digitais, portadores de Cloudfobia, estarão em pouco tempo saindo de cena, abrindo espaço para aqueles que acreditaram desde os primeiros momentos em Cloud e Multicloud!

Em 2016, fui chamado de ousado quando postei uma matérias, Cloud - Rolo Compressor ou Asfalto. Pessoas do mercado chegaram a me perguntar se eu estava louco ou querendo ser demitido, porque o titulo original era bastante sugestivo: To Move to the Cloud, You May Need to Fire Your CIO.


Para o Governo Federal a nuvem já é um caminho sem volta. É um mundo de oportunidades de transformação!

Veja a matéria de Convergência Digital para entender o que vem acontecendo no âmbito do governo federal onde a nuvem já é um caminho sem volta.


Click no link abaixo e tenha acesso as publicações que tenho feito sobre este tema. Você vai gostar.


By IDFM

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

O que realmente é real?

O mercado, a sociedade, vem numa corrida desenfreada pela inovação e transformação digital.

Não tem quem não diga que esteja investindo neste sentido, talvez seja como sexo na adolescência: todo mundo fala sobre isso, ninguém sabe realmente como fazer, todo mundo acha que os outros estão fazendo, então todo mundo resolve falar que também está fazendo.

Mas será que está "onda" é mesmo para valer ou apenas uma estratégia para se mostrar como up to date? Quem quer ser enquadrado como "atrasado" ou "obsoleto", não é mesmo?

Mas, se isso é real e não apenas posts digitais, estamos diante de um grande salto, seremos uma nação imbatível! O Vale do silício que se cuide!...

Mas a realidade é muito diferente, o real é diferente do que se vê no Instagram, Facebook e LinkedIn, onde tudo é apresentado como perfeitos, um mundo feliz, de "exemplos", que não passam de meras "intenções" projetadas de um futuro que nunca chega, não é mesmo?

🤔O que realmente é real?🤔


By IDFM

sábado, 21 de setembro de 2019

Chegou a hora da vaca beber água?

Vocês viram esta notícia?

O Governo revê contratos de TI, faz cortes acima de 30% e adota catálogo unificado.

Chegou a hora da verdade!

Nós que somos da iniciativa privada e temos experiência na gestão de contratos e fornecedores de TIC, que sempre estivemos pressionados por redução de custos, imaginamos o quanto existe de oportunidades de redução de custos em produtos e serviços de TI e Telecomunicaçöes.

Sempre enxerguei oportunidades de eficiência de custos nessas contratações.



É... Agora chegou a hora da vaca beber água, não da para ficar apenas sugando nas tetas!

Aposto que esta iniciativa vai resultar em muita Economía, seja pela redução de preço (unificação) ou seja pela identificação de desperdício, sinergias é melhor uso de serviços compartilhados e contingências.

Não me surpreenderá que sejam alcançadas reduções de até 60%.

Imagine estes preço de referências sendo usados, além do governo federal, nos estados municípios, no legislativo e no judiciário?

Imagine esta iniciativa sendo praticada em todos consumíveis... 

Imagine quantos preços diferentes tão praticados com uma simples caneta BIC?

Quem tiver interesse, segue link da matéria publicada por Convergência Digital abordando o tema.


By IDFM

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Um bom aprendizado para relembrar.

Me deparei hoje com uma postagem que fiz em 2010, que não podia deixar de repassar,!pelo aprendizado embarcado no conteudo:


"... idade e habilidade se sobrepõem à juventude e intriga.  Sabedoria só vem com idade e experiência."


Bom proveito!


👉http://avisara.blogspot.com/2010/12/uma-boa-ideia-para-comemorar.html


By IDFM

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Os fantasmas que habitam Datacenters completam 60 anos

Não podia deixar de repassar esta matéria que recebi da Computerworld dando conta que o Cobol completa 60 anos de existência.

Uma notícia que alguns vão compartilhar da Nostalgia da época Jurássica que alguns tiveram oportunidade de viver, época de escassez, época que tudo era difícil para TI e era dominada pelo Cobol. 

Apesar de não ser minha linguagem de programação (naquela época eu era da turma mais "raiz", mais primitiva com assembler/370), a lembrança de como era o domínio do Cobol impressiona, outras linguagens eram exceções "perigosas"  sem mão de obra.

Me lembro que deste o final dos anos 80 se falava no fim do Cobol e dos Maimframes, a virada do milênio era o maior desafio para a continuidade dos sistemas, mas o que vemos é que eles continuam aí, firmes e fortes!

É de se admirar a sobrevivência da linguagem numa era que tudo se torna descartável, torna-se obsoletos, mas a legião de seguidores deram vida própria.

Pois é.... muito estranho que ainda não tenham substituídos, não é mesmo? Porque será?  

Qualquer pessoa hoje em dia tem, nas pontas dos dedos, muito mais facilidades, capacidade de processamento e armazenamento muito maior que as grandes empresas tinham na época e para que as Apolos chegassem na lua.

Imaginar como era difícil fazer acontecer com tanta escassez e muitos zeros e uns, talvez  possa explicar alguns "fantasmas" em Cobol e assembler povoando os DATACENTERs, pelo mundo a fora.

Não me Impressiona a revelação de que  70% dos sistemas globais de processamento de transações continuam sendo alimentados pelo Cobol.

Nem me impressiona que seja por conta do custo e do risco que continuará sendo impossível,  substituir o Cobol. 

O conhecimento, os algoritmos, não são como os Hardware, os cabos de cobre que podem ser substituídos com uma linha de montagem automatizada. 

Em time que está ganhando não se mexe. 

Para os profissionais "jurássicos" e aqueles que desejam ter um reserva de mercado garantida por mais 60 anos, temos uma boa notícia, a matéria revela que a cada dia está mais difícil encontrar profissionais qualificados de Cobol! 

Quem tiver interesse, segue link da matéria mencionada.



By IDFM

Ataque Chinês contra parlamento australiano

Vcs viram isso? 


A inteligência australiana determinou que a China estava por trás de um grande ataque cibernético ao parlamento, mas decidiu não revelar as descobertas de sua investigação para proteger o relacionamento da Austrália com seu principal parceiro comercial. 



👉https://mobile-reuters-com.cdn.ampproject.org/c/s/mobile.reuters.com/article/amp/idUSKBN1W00VF

terça-feira, 27 de agosto de 2019

Será que vale a pena o vexame de R$ 83 milhões?

Depois de ver os valores propostos pelo G7, apresentado pela França, para "ajudar a Nossa Floresta Amazônica", na operação para conter o fogo, e os valores que foram doados para a reconstrução da Catedral de Notre Dame, só tenho como concluir que a intenção do Macron é de apenas criar um palanque.

Para a Nossa Floresta Amazônica, que é o 2ª maior do planeta, com uma extensão continental, só estão dispostos a doar o equivalente a R$ 83 milhões, enquanto para a França recuperar a Notre Dame, o valor doado foi equivalente a R$ 3 bilhões.

Isso mesmo:

R$ 3.000.000.000 Catedral;
R$      83.000.000 Floresta

Muito desproporcional, não é mesmo?

A brasileira Lily Safra, sozinha, fez uma doação de 20 milhões de euros ( cerca de R$ 90 milhões) para a França recuperar a catedral, um valor bem maior do que o Macron ofereceu em nome do G7.

O maior dos contraste é que a doação para a Floresta Amazônica é benéfica para todo o planeta, enquanto a recuperação da Catedral, que perdeu toda a originalidade e vai ser apenas uma réplica como as florestas francesas, vai gerar riqueza exclusivamente para a França. Só os 13 milhões de visitantes anuais deixarão mais de 65 milhões de euros com as visita guiadas à catedral.

Aqui no Brasil também não é diferente, tem campanha para todo tipo de necessidades, criança esperança, Teleton, times de futebol, igrejas, partidos políticos entre outros, que conseguem doações para causas importantes e outras nem tanto, mas quando chega numa hora como essa não mexem um dedo para fazer qualquer coisa, qualquer doações que ajude!

Onde estão as grandes empresas e os bilionários brasileiros nesta hora, que não mechem um dedo para contribuir ou ajudar?

Cadê as celebridades, que criticam tanto, mas não se mobilizam doando cachês ou fazendo campanhas para arrecadar doações?

É mais fácil ficar no palanque, no palco, esbravejando críticas e lucrando com a exposição da imagem, que fazer algo para ajudar!

Cadê a Madona, Di Caprio, Gisele, entre outros que não se mobilizam para ajudar?

Onde estão estes doadores, que não se mobilizaram ainda, nessas horas que a Floresta Amazônica precisa?

ITAU, Bradesco, Santander, AMBEV, Times de futebol, produtores da Agroindústria, a indústria e grande varejistas cadê vocês?

Será que devemos nos submeter a este vexame?

O que aconteceria, se fosse feita uma campanha mundial de arrecadação de fundos para equipar os sistemas de controle, monitoração e combate. A população mundial estaria disposta a doar para a investir na Floresta Amazônica?

Para criticar todos estão prontos!

Pois é....83 milhões de reais não de se jogar fora, mas não vale o vexame!

Sociedade hipócrita!


By IDFM

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Você sabia que Alemanha é 14 vezes mais nociva para o planeta que o Brasil?

A polêmica do fundo da Amazônia relacionada ao Brasil, Alemanha e Noruega me levou a ter interesse em saber quanto cada um desses países contribuem com áreas verdes, floresta e agricultura, quanto emitem e retiram CO2 dá atmosfera e quanto contribuem para sobrevivência humana na terra.

Minha intenção era entender melhor a nossa (Brasil) participação no cenário e o porque de alguns estão "cantando de galo" como sendo "autoridades mor" ou exemplos à serem seguidos.

Durante a pesquisa tive acesso a algumas informações que resolvi compartilhar, caso tenha interesse, acrescentei no final a lista de links. 

A pesquisa me levou inicialmente a uma matéria publicada em julho de 2018 por Super Interessante.

CURIOSIDADES

A Rússia é o país campeão. Contribui com 22% da área verde de todo o planeta. Corresponde a uma área de 8,5 milhões de Km2 de floresta. Eu imaginava que o Brasil era o país com mais Florestas no planeta.

O Brasil vem em 2º lugar, contribuindo com 14% de toda área verde do planeta, com uma área de 5,4 milhões de km2 de floresta, sendo que 3 milhões de km2 correspondem a floresta amazônica e 2,4 milhões de Km2 de outras áreas.

O Brasil contribui com mais áreas verdes que o EUA e Canada juntos, que são 3º e 4º lugar de países com maiores áreas verdes do Planeta.

Mesmo desconsiderando a floresta amazônica, o Brasil continua sendo o 2º país que mais contribui com florestas para absorver o dióxido de carbono, diminuir o efeito estufa e para sobrevivência humana no planeta terra.

63% DO TERRITÓRIO DO BRASIL TEM COBERTURA VEGETAL.

A Noruega e a Alemanha, envolvidas na polêmica, não aparecem no ranking dos 10 países com mais área verde. Arrisco a dizer que a contribuição deles são medíocres, devem ser desprezíveis.

No lado oposto, no ranking dos 10 maiores emissores de dióxido de carbono, a Alemanha é 6º país que mais joga CO2 na atmosfera, ficando atrás da China, EUA, Índia, Rússia, Japão e seguidos pelo Irã, Arábia Saudita, Coréia do Sul e Canadá. A União Europeia, como um região de países, ocupa o terceiro lugar.

Por outro lado, o Brasil está fora deste ranking.

QUEM É VILÃO?

A pesquisa também me levou à outro site, Deutschland.de, que da conta que a Alemanha tem 114 mil Km2 de floresta, ou seja, contribui com menos de 0,3% de toda área verde do planeta.

Só 33% da área do território da Alemanha são áreas verdes.

Prefiro fazer a leitura de que, enquanto 63% do território do Brasil tem cobertura vegetal, 67% DO TERRITÓRIO DA ALEMANHA NÃO TEM COBERTURA VEGETAL!

Fazendo uma "conta de padeiro" com os dados do site do Banco Mundial, em 2014 a ALEMANHA JOGOU NA ATMOSFERA 8,364 BILHÕES DE TONELADAS DE CO2 enquanto o Brasil foram 0,527 bilhões. Ou seja, a Alemanha destrói o planeta com 14 vezes mais intensidade de CO2 que o Brasil.

Isso mesmo, a ALEMANHA É 14 VEZES MAIS NOCIVA PARA O PLANETA QUE O BRASIL.

Como a Alemanha quer ter autoridade para exigir algo e ser exemplo com esses números?

Há!... VTNC chucrute! Como pode um pintinho mergulhado na merda querer "cantar de galo", não é mesmo?

Mesmo assim, existem aqueles que estimulam a "legião dos contras o Brasil", gerando notícias para gerar caos e faturar com isso. Quanto mais sensacionalistas, catastróficas e polêmicas, melhor para as audiências e para mais cliques. O que importa é faturar!

Esta semana (na 2ª), o #JN da rede Globo fez uma matéria enaltecendo a Alemanha por ter 33% do território de área verde e que vem fazendo reflorestamento e coisa e tal, sem fazer qualquer paralelo com o Brasil que tem mais de 60% e a condição de maior produtor de alimento para o planeta.

Mas, segundo vídeo divulgado pelo governo alemão após as declarações polêmicas de Bolsonaro, o reflorestamento tão comemorado foi de 10 mil km2 em 50 anos, ou seja, fizeram o reflorestamento correspondente a 200 km2 por ano, sem mencionar quantas arvores foram retiradas seletivamente da floresta. Para um país rico como a Alemanha, me parece que eles investem muito pouco para recuperar o que destruíram ao longo da história, é desprezível ou não?

Buscando ter uma referências para comparação em relação a reflorestamento no Brasil, fui levado ao Site Ambiente Brasil. Segundo o site, "Não existe, atualmente, no Brasil, um levantamento preciso quanto ao total da área reflorestada no País...", mas as estimativas apontavam, em 1987, uma área de reflorestamento no Brasil de 58 mil km2 e 48 mil km2 de plantio para fins industriais.

Guardadas as épocas dos dados e baseando-se nestes números, o placar em relação ao reflorestamento é: Brasil 10 x 1 Alemanha, mas deve ser bem maior a diferença.

MINHAS CONCLUSÕES

Por estes números, me dei por satisfeito quanto a pesquisa para entender o cenário.

Estou convencido que realmente DEVEM EXISTIR OUTROS INTERESSES POR TRÁS DESTAS NARRATIVAS DE DESMATAMENTO e coisa e tal, é preciso ser um exemplo para poder cobrar exemplo e isso não tem em nenhum dos lados.

"SE UMA DISPUTA NUNCA ACABA, SIGNIFICA 
QUE TODOS OS DOIS ESTÃO ERRADOS"

Mas a pesquisa também me deixou algumas questões que ficarei atento para entender melhor a rede de interesse por trás deste tema e deixo para reflexão.

REFLEXÃO

🤔A Rússia, sendo o país com maior área verde do planeta, sofre alguma pressão semelhante à que o Brasil sofre? Se sofre, não vemos na mídia qualquer tipo de notícias denegrindo a imagem deles por aqui, porque será?

🤔Quanto representa em desmatamento de florestas, o aumento de CO2 produzido pelos dez maiores emissores de CO2? Porque os ambientalistas, a mídia e ONGs não cobram com a mesma ênfase que cobram do Brasil?

🤔Quem consome a madeira que é retirada da Amazônia, qual o destino dessas madeiras? Quem são os grandes produtores que se utilizam da floresta como insumo para produzir suas riquezas? Porque não vemos qualquer tipo de bloqueio de cargas de produtos pelos ambientalistas nos países consumidores?

🤔Quem consome os minérios que são explorado de forma ilegal, qual o destino deles? Porque não vemos qualquer sanção econômica contras países pela recepção de produtos que "destroem" a floresta?

🤔Existe alguma "obrigação" para que os países com baixa ocupação de território com floresta, aumentem a ocupação com reflorestamento? Porque cobram do Brasil?

🤔As florestas no Canada, Alemanha, Europa em geral, EUA e Rússia, quando estão cobertas pela neves, diminuem em quanto a capacidade de absorver o dióxido de carbono? Quanto aumenta, nesta mesma época, a emissão de dióxido de carbono para aquecimento da população, iluminação, etc? Equivale a quantos km2 de desmatamento de florestas?

🤔Na balança de emissão de CO2 vs Capacidade de Capturar CO2, qual saldo dos países? Porque esta informação não são divulgadas com ênfase? Porque não sabemos quem é quem no ranking de violões do clima na terra? Não é possível que o Brasil seja quem deve carregar esta Cruz, não é mesmo?

            APRENDIZADO

            Os interesses políticos e econômicos movimentam este conflito, algumas bandeiras defendidas são apenas cortinas de fumaça para desviar os olhares e esconder os verdadeiros objetivos e interesses.

            Anualmente 1,6 tonelada de CO2 são liberados na atmosfera por cada habitante. (Segundo a ONG Iniciativa Verde)

            Para cada tonelada de CO2 lançada na atmosfera, é necessário o plantio de 7,14 árvores para que o planeta não sofra danos. (Site TJPR)

            Assim sendo, cada habitante do planeta deve ter responsabilidade pela existência de 11,42 árvores para consumir o CO2 que produz.

            Sempre me falavam que na vida precisamos fazer 3 coisas antes de partir, sendo: Plantar uma árvores; Escrever um livro e Ter um filho.

            Pois é, ANTES DE PROPAGAR O CAOS E CRITICAR, PLANTE 12 ÁRVORES!

            Mas fazer nada também é uma opção, já que, segundo o climatologista Ricardo Felício o AQUECIMENTO GLOBAL É UMA FARSA. Para ele, "O aquecimento global é 100% geopolítica".  Será?

            Quem tiver interesse, seguem links com entrevistas dele em 23.07.2019 no Pânico e outra em Jô Soares em 2016:


            Caso tenham interesse, segue lista de links mencionados:












            By IDFM

            quarta-feira, 31 de julho de 2019

            iPhone - Revelada grave falha de segurança.

            A confiabilidade do iPhone foi comprometida por grave falha de seu sistema.

            De acordo com publicações que invadiram a internet, caçadores de bugs anunciaram a descoberta de graves falhas de segurança relacionadas ao iMessage.

            A vulnerabilidades permite a execução de códigos maliciosos remotamente sem precisar de qualquer interação do dono do aparelho. (Veja http://avisara.blogspot.com/2019/05/whatsapp-ate-onde-vai-privacidade.html?m=1)

            Ou seja, criminosos podem roubar dados pessoais ou até ler arquivos e outros dados do aparelho sem ter interações por parte do proprietário do aparelho.

            As notícias dão conta ainda, que a Apple liberou versão do IOS que corrige as brechas anunciadas, exceto 1.

            Ou seja, uma brecha que ainda não foi corrigida pela Apple, continua aberta permitindo
            os bandidos explorarem o iPhone para roubo de informações.

            Esta revelação leva o iPhone a vala comum dos smartphones, tornando-os vulneráveis como qualquer outro.

            O pseudo diferencial de "seguro" e "ágil" para os produtos da Apple também é detonado.


            Pois é...  a legião do iPhone que paga caro pela "qualidade" do iPhone, que incluem a inviolabilidade como diferencial, esta vulnerável!

            Quem vai pagar por isso?

            Por isso que defendo que é preciso punir severamente as empresas que deixam vazar ou ser invadida, as empresas tem a responsabilidade de nos manter seguros, fora do alcance de outros deixando portas abertas para a bandidagem!

            Enquanto isso, só nos resta fazer a atualizar a versão e rezar para não fazer parte do grupo de alvo de interesse dos  hackeres.

            Quem tiver interesse, segue links de algumas postagem referente ao assunto:




            By IDFM

            quinta-feira, 25 de julho de 2019

            Vaza Jato e La Casa de Papel - Faz sentido?

            Interessante a hipótese apresentada no vídeo do Bernardo P Küster.

            Apesar de longo, assista até o final para tirar suas próprias conclusões.

            Ao final é inevitável sermos levados a imaginar...

            ... Imaginar quantas chantagens e dinheiro podem tá sendo feito.

            ... Imaginar de quantas pessoas estão nas mãos desta organização.

            ... Imaginar que tantos outros casos estão sendo "capturadas", pessoas e informações para um outro momento oportuno ser usada.

            ... Imaginar o que se pode ter de informações privilegiadas de posse desta organização que poderão ser usadas como "diferenciais competitivos" por empresas.

            Talvez este vídeo façam com que decisões absurdas de terem sido tomadas passem a fazer sentido como moeda de troca.

            Será que estamos vivendo a ficção da parte 3 da série La Casa de Papel e as caixas vermelhas?



            Sugiro a leitura de outras publicações que fiz sobre este tema:

            👉http://avisara.blogspot.com/2019/06/o-brasil-esta-em-guerra-cibernetica.html?m=1

            👉http://avisara.blogspot.com/2019/05/whatsapp-ate-onde-vai-privacidade.html?m=1

            👉https://www.netflix.com/title/80192098


            By IDFM

            segunda-feira, 22 de julho de 2019

            Vazamentos - Negligência, imprudência ou imperícia?

            Vocês viram isso que foi publicado no Site The Hack?

            "Vazam mais de 200GB de documentos de bancos brasileiros"

            Pela leitura, não me surpreenderá cada dia mais sendo anunciados novos vazamentos.

            Alguns dirão que Enquanto o crime de invasão e vazamento não for punido exemplarmente não deixaremos de ter estes tipos de notícias.

            Isso é verdade, mas também é preciso punir severamente as empresas que deixam vazar ou ser invadida, afinal, eles são um espécie de "Fiel Depositário" que o cliente confia suas informações, que tem a responsabilidade de manter seguras, fora do alcance de outros.

            Mas prefiro pensar que o mais importante para combater é tratar segurança cibernética com seriedade, sem amadorismo, sem ser um "puxadinho".

            A negligência, imprudência ou imperícia tem que ser levado mais a sério!

            Segurança deve ser encarada como parte essencial de todo negócio. Com a "transformação digital" não pode ter falhas nos aspectos relacionados a segurança.

            Depois não tem o que lamentar....

            Caso tenha interesse em mais informações, Seguem link da matéria mencionada:


            By IDFM